MEMÓRIAS DE UM REPÓRTER (DO INTERIOR)


 
 

PRES. PRUDENTE COMEMORA 92 ANOS

Fundada em 14 de Setembro de 1917 – Dia da Santa Cruz – pelos Coronéis, Francisco de Paula Goulart e José Soares Marcondes, Presidente Prudente está festejando seus 92 anos de existência, com uma extensa programação que começou no início do mês. Para evidenciar um pouco dessa história, fomos buscar subsídios no Museu Histórico Municipal “Antônio Sandoval Neto” que também está completando seus 57 anos, desde que foi criado no dia 11 de Setembro de 1957 e instalado em 26 de Agosto de 1.975.

O primeiro fator que acelerou o processo de colonização e desenvolvimento de Presidente Prudente é atribuído à ferrovia. À medida que os trilhos avançavam na região oeste, rumo ao vizinho estado de Mato Grosso (posteriormente dividido c/ Mato Grosso do Sul), começavam a surgir pequenos núcleos rurais e urbanos. A cafeicultura foi a primeira alternativa para atrair investimentos, e consequentemente as primeiras famílias de colonos ou trabalhadores rurais.

Com a Estrada de Ferro Sorocabana, ligando Presidente Prudente à Capital e outras pequenas ou médias comunidades urbanas, o desenvolvimento foi agilizado, tornando-se mais acelerado nos núcleos rurais dedicados à cultura do café. Assim, surgiram grandes fazendas, tanto em Presidente Prudente, como Presidente Venceslau, Santo Anastácio, Martinópolis e outras cidades.

Com duas Vilas formadas – uma de cada lado da ferrovia – brigavam pela liderança os dois coronéis: Marcondes e Goulart, os grandes colonizadores. Era a manifestação política de uma época, que terminou pela pacificação e união das Vilas formando o núcleo urbano de Presidente Prudente, atualmente com uma população calculada em 207.725 habitantes.

O coronel Miguel Brisolla de Oliveira, que nasceu em 1893 na cidade de Itapetininga/SP, veio para Pres.Prudente em 1922 para trabalhar na Cia.Marcondes de Colonização. Foi um político habilidoso, como vereador – 2 vezes - e prefeito, tendo administrado três municípios de São Paulo: Atibaia(como Interventor), Presidente Prudente e Presidente Venceslau. Era genro do Cel. Marcondes, casando-se com Dona Amália Marcondes, em 1928, tendo seis filhos. Entre os quais os Srs.Luis Roberto e Lauro Flávio Marcondes, que residem respectivamente em Ribeirão Preto e Presidente Prudente, e que são netos do fundador da cidade.

Na Revolução de 1932 o Coronel Brisolla foi o primeiro a pegar em armas, criando e comandando o Batalhão Constitucionalista de Presidente Prudente, com 1.200 homens.

Ao seu lado, inúmeras e importantes personalidades da época, incluindo o Dr. Domingos Leonardo Cerávolo, que também foi líder político, Prefeito e Deputado Estadual. Antes, ou seja em 1924, Brisolla (que deu nome ao Parque de Uso Múltiplo), organizou o “Batalhão Ataliba Leonel” a pedido do então Governador do Estado. Ele exerceu ainda a Chefia de Gabinete no Governo Adhemar de Barros.


Equipamentos e objetos utilizados na estação ferroviária da EFS (Estrada de Ferro Sorocabana), são a primeira evidência da abertura da nova cidade de Pres. Prudente.


As comitivas de boiadeiros que abriam sertões e novos caminhos para o transporte de gado São as marcas do pioneirismo mostrados pelo Museu Histórico Municipal.


Na história política do município que nasceu em 1917, a figura do patrono, o Presidente Prudente José de Moraes Barros e as imagens que identificam os revolucionários de 32.


As imagens que identificam a atuação da Igreja Católica em Presidente Prudente, estão aqui expostas para que todos possam vê-las e conhece-las pessoalmente.


Com o desenvolvimento da cidade, surge a imprensa representada pelo Jornal O Imparcial, fundado em 1939 e em franco progresso a partir de suas linotipos c/ Mário Peretti.


O Rádio também passou a ocupar lugar de destaque. Seus primeiros equipamentos, incluindo microfones, receptores e gravadores de fita magnética aí estão à mostra.


Máquinas de escrever, máquinas fotográficas, e projetores de filmes são parte integrante dessa mostra que o Museu Histórico Municipal de Pres. Prudente exibe aos seus visitantes.


O cinema da época primitiva esta aqui muito bem representado, juntamente com os teares e os primeiros objetos utilizados pelos moradores da época.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 15h55
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




UM RELÓGIO CENTENÁRIO
VEIO DE TATUI P/ PRUDENTE

Poucas famílias restaram como testemunhas para contar a verdadeira história da cidade que está comemorando seus 92 anos de existência. Mas um relógio-centenário que veio de Tatuí em 1924 é provavelmente o mais antigo objeto ainda conservado. O relógio está em poder do Padre José Altino Brambilla, em Tarabai, um apaixonado por relógios. Foi um presente que ele recebeu de D.Elza Mascarenhas, que por vez chegou às suas mãos, trazido pelos pais. Mas o relógio data de 1918 quando foi adquirido pela família, não se sabendo exatamente a data de sua fabricação.

Dona Elza foi surpreendida ao se deparar com o relógio funcionando normalmente, como se tivesse retornando ao Túnel do Tempo. Ela conta que ao nascer em 17 de Julho de 1923, o relógio já existia há anos! A família se transferiu de Tatuí para Presidente Prudente em 1924. O relógio de parede acompanhou a família, e ela o herdou após a morte dos pais. E por incrível que pareça o relógio não precisou de conserto por muitos anos, até que deixou de bater e começou a sofrer atraso, exigindo reparos.

O Padre Altino - que adora consertar relógios – recebeu a incumbência de solucionar o caso. Quando o fez, teve a surpresa de ser presenteado com a peça rara que agora está ao seu lado, na Casa Paroquial de Tarabai. O relógio é considerado por ele como uma autêntica preciosidade, mantendo-se conservadíssimo como se fosse novo..

A família Mascarenhas tinha como titular o Sr. Domingos Mascarenhas Moraes, que foi o 1º Coletor de Rendas Estaduais de Presidente Prudente durante 30 anos, até 1954. Um de seus filhos (Moacir), em 1943 ingressou no Exército e alistou-se como voluntário para lutar pela Força Expedicionária Brasileira, na Itália, ao lado das tropas aliadas na II Guerra Mundial.

O General Mascarenhas de Moraes (que era o Comandante Geral), ao verificar o sobrenome do Moacir, mandou chamá-lo a fim de saber se tinham laços de parentesco. E segundo Elza Mascarenhas, ele concluiu pelo Sim. Por isso, enviou uma carta à família em Presidente Prudente, cumprimentando-a e congratulando-se pela ação patriótica dos Mascarenhas.

Moacir que era o irmão mais velho de Dona Elza, nascido em Tatuí, teve várias promoções no Exército Brasileiro. De Soldado a Cabo; Sargento e Tenente foram suas patentes até o dia de seu falecimento no Rio de Janeiro, há 14 anos. Mas o bravo lutador Moacir Mascarenhas Moraes foi sepultado em Presidente Prudente, no Cemitério de São João Batista.


Ao visitar o Padre José Altino Brambilla, em Tarabai, Dona Elza Mascarenhas se surpreende com o relógio que conheceu desde seu nascimento em Tatuí, em 1923.


O relógio que foi totalmente restaurado, funciona como se fosse novo, embora tenha aproximadamente 100 anos ou mais de fabricação.


Estamos diante de uma raridade, uma autêntica preciosidade que tem uma maravilhosa historia, acompanhando uma família tradicional, desde a década de 20.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 15h44
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

PROJETO “REVIVA CONFUSÃO” É
LANÇADO COMO MODELO REGIONAL

Na última de Agosto, o Ministério Público Estadual lançou em Presidente Prudente um Projeto inédito: “Reviva Confusão”em parceria com diversos produtores rurais, entre os quais o empresário Jovelino Carvalho Mineiro, proprietário da Fazenda Sant’ana em Rancharia. A finalidade principal do novo projeto será a restauração das matas ciliares existentes em torno desse Ribeirão que nasce na cidade e se extende por uma imensa área até alcançar o Rio do Peixe.

Na verdade o Projeto teve inicio no mês de Agosto de 2008, após denúncia formulada pelo MPE sobre o espaço da reserva existente na Fazenda, o que abriu alternativas para se alcançar uma área maior com a incorporação de propriedades vizinhas à aquela propriedade. Com isso, começou o mapeamento do local visando a plantação de novas mudas de árvores e a implantação de um novo e arrojado projeto desenvolvido por Engenheiros, Técnicos e Estagiários do Ministério Público.

Com esse objetivo foi promovido um Fórum de Debates na FCT/UNESP – Campus de Presidente Prudente – através de Ações para o Desenvolvimento Sustentável do Pontal do Paranapanema, quando o Projeto “Reviva Confusão” entrou em discussão. Após a abertura oficial com a apresentação musical do Projeto Aquarela, da Prefeitura Municipal, houve palestra com o Prof. Antônio César Leal, falando sobre Produção e Meio Ambiente: Desafios para a busca do equilíbrio.

Em seguida, veio a apresentação do Projeto, com o Auditório lotadíssimo (nunca se viu tanta gente num evento como este) e também se fizeram presentes, deputados, prefeitos, vereadores, ambientalistas e grande número de visitantes. Houve exposição de motivos pelo Promotor do Meio Ambiente (GAEMA), Nelson Bugalho, seguido do empresário e parceiro do Projeto, Jovelino Carvalho Mineiro e o Assistente Técnico de Promotoria, Marcos Norberto Boim. O último a se pronunciar foi o Secretário Estadual do Meio Ambiente, Francisco Graziano Neto.

O Prefeito, de Rancharia que é também Presidente da UNIPONTAL disse ao nosso blog que encara o Projeto “Reviva Confusão”, com muito otimismo, na certeza de que se trata de um empreendimento recheado de bons parceiros, a começar pela Fazenda Sant’ana, MPE e Prefeitura Municipal. Esse projeto tem que dar certo – disse o prefeito.

Em seguida, Iéia informou que toda a margem do Ribeirão Confusão – que nasce na cidade de Rancharia e vai até o Rio do Peixe - passará por um processo de reflorestamento, APPS e matas ciliares. É um projeto maravilhoso que já está acontecendo, com adesão de 100% dos proprietários rurais que fazem divisa com o Córrego. Com toda a certeza vai vingar!

Fazendo uma avaliação prévia da brilhante iniciativa afirma o prefeito de Rancharia que “o Projeto é modelar, não só para Rancharia, mas para todo o Estado de São Paulo. Na essência, nasceu feito com muitos parceiros, inclusive com doações. Isso é de muita importância, porque não transfere aos proprietários rurais a responsabilidade que é compartilhada por todos. Não existe apoio federal, nem estadual.É só do Governo Municipal, de empresas privadas e do Ministério Público e do Meio Ambiente” - finalizou.


O Auditório Discente V da UNESP, nunca recebeu tantos visitantes como neste evento de interesse regional.


Além de autoridades, estudantes e ambientalistas, grande parte compareceu demonstrando interesse pelo projeto ambiental.


A Programação previamente elaborada estabeleceu tempo controlado para os oradores, mas mesmo assim, o debate ganhou maior interesse dos presentes.


E o Secretário Estadual do Meio Ambiente, Xico Graziano foi o ultimo palestrante, concluindo o Fórum de Debates na FCT/UNESP.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 15h39
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

PRUDENTEC: ORGANIZAÇÃO MODELAR

A região de Presidente Prudente conta – desde 25 de Agosto de 1995 – com uma Organização modelar em termos de Auditoria e Assessoria Contábil. Trata-se da PRUDENTEC, com sede própria à Rua General Osório, nº 645, Vila Machadinho. São seus diretores: Irineu Sesti Filho, José do Carmo Ferreira e Edmar Pereira. O Setor de Atendimento conta com um excelente quadro funcional com equipe altamente especializada na prestação de serviços

A Prudentec marca presença no mundo dos negócios, oferecendo o que considera o mais importante produto de uma organização: o conhecimento. “O mundo econômico atual - tão complexo e instável - em que temos de atuar e a rapidez das informações, exigem de nós administradores um esforço para adaptarmos a esse ritmo. E principalmente para obtermos nosso objetivo maior, o sucesso. Para isso, a capacidade de uma organização é o que determinará uma trajetória de vitórias ou de fracasso” – afirma Irineu Sesti Fº.

Nesse contexto, e contando com a retaguarda de uma equipe extremamente capacitada e preocupada em buscar constantemente o que há de mais novo no mercado, a PRUDENTEC – Auditoria e Assessoria Contábil SS Ltda. se preocupa em trazer um trabalho sério e competente. Tudo, com o intuito de agregar valores e aumentar o capital intelectual de seus parceiros (clientes), fazendo com que essas organizações se tornem bem sucedidas e preparadas para prosseguir neste caminho de conquistas e vitórias.


Desde Agosto de 1.995 com eficientes serviços a PRUDENTEC –Auditoria e Assessoria Contábil SS Ltda., que funciona à Rua General Osório, 645.


Irineu Sesti Filho, José do Carmo Ferreira e Edmar Pereira são os diretores da PRUDENTEC. uma organização modelar há 14 anos prestando bons serviços à região.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 15h31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

DINHEIRO DA COMPENSAÇÃO
JÁ COMEÇA A SER LIBERADO

Parte do dinheiro resultante da multa compensatória a ser paga pela CESP em decorrência dos problemas de impacto ambiental na área de inundação do Grande Lago de Porto Primavera começa a ser liberado. Alguns municípios como: Presidente Epitácio, Panorama, Paulicéia, Ouro Verde e outros já estão de posse desses recursos. Ao mesmo tempo, foi prometido e deverá ser liberada a parcela inicial devida ao Hospital Regional do Câncer de Presidente Prudente. A informação foi dada pelo Promotor Nelson Bugalho.

Os primeiros cinco milhões de reais deverão ser creditados na conta do Hospital Regional do Câncer ainda esta semana. Mas segundo o Porta-voz do Ministério Público Estadual existe a necessidade de uma completa reformulação do Projeto, o que deverá atrasar um pouco o início do emprego desses recursos para a Instituição, como havia sido projetado inicialmente.

Dr. Nelson Roberto Bugalho, em entrevista que nos concedeu afirmou que a reformulação se deve a alguns fatores, entre os quais o pressuposto de que o Hospital seria um apêndice da Santa Casa. Não é isso que queremos – disse ele. Desejamos um Hospital completo, inteiramente desvinculado, o que exigiria a indispensável reformulação. Para se ter uma idéia: havia uma previsão de 56 leitos; queremos um Hospital com 100 leitos, um Centro Cirúrgico, que não havia previsão. Enfim, um Hospital completo e por isso, o projeto está sendo totalmente revisto.

Segundo o Promotor Regional do Meio Ambiente, todos os recursos estão confirmados. O Hospital Regional do Câncer contará com 20 milhões de reais para a concretização do investimento. “Só não sabemos agora, diante das necessidades se os 20 milhões dessa reformulação, serão suficientes. Eu acho que sim, mas iremos atrás de outros recursos” – frisou o entrevistado.


O Promotor Regional do Meio Ambiente, Dr.Nelson Roberto Bugalho confirmou a liberação de recursos para o Hospital do Câncer, mas exige 100 leitos,ao invés de 56.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 15h26
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

EDU DRACENA DIZ QUE ESTÁ DE
VOLTA PARA JOGAR EM S.PAULO

O atleta Eduardo Luiz Abonízio de Souza, 28 anos, casado, mais conhecido por EDU DRACENA passou por Presidente Prudente na última semana. Antes de embarcar num vôo para São Paulo, falou ao nosso blog no Aeroporto Estadual, onde se encontrava em companhia dos pais João Luiz de Souza e Neusa F.de Souza e da esposa Milena. O jogador foi muito solícito e atencioso com o repórter, respondendo a todas as indagações.

Como todos os esportistas tem conhecimento, Edu Dracena foi uma grata revelação para o futebol brasileiro. Jogando pelo Cruzeiro de Belo Horizonte durante três anos, ele obteve brilhantes conquistas. Em 2003 foi campeão da “Tríplice coroa” e no ano seguinte, seu clube foi “Campeão brasileiro”, abrindo novas oportunidades não só como integrante da Seleção, como também jogador contratado pelo FENERBAHÇE, de Istambul/Turquia.

Agora, de acordo com as declarações que nos foram dadas pessoalmente pelo zagueiro Edu Dracena, ele teve seu contrato rescindido como jogador da Turquia, para tentar sua transferência para um dos três clubes da capital paulista. Embora tenha havido um certo mistério em torno do Clube a ser escolhido (por ser um assunto indiscreto), perguntamos: Seria o Corinthians, o Palmeiras ou o Santos?

Eduardo Luiz de Souza – ou Edu Dracena – disse inicialmente que está no final de uma Fisioterapia devida à uma lesão que sofreu no ligamento cruzado, tendo que recorrer antes a uma cirurgia. Agora que voltou ao Brasil, está de viagem para São Paulo e quem sabe, para integrar um dos grandes times de futebol. Com isso, ficará mais perto da seleção, conforme sua pretensão. No futuro - se Deus quiser – a gente pode ter alguma novidade – disse Edu.

A proposta já está sendo encaminhada. Quais as possibilidades? Foi a nossa pergunta. E ele respondeu: São grandes as possibilidades. A gente está seguindo para São Paulo a fim de participar de uma reunião visando o acerto de negociações com três clubes. Vamos ver quem dará melhor estrutura para a gente continuar trabalhando; e aí a gente fecha a negociação.

Foi nessa altura dos acontecimentos, que questionamos: Sem querer ser indiscreto, das três equipes de futebol interessadas na sua contratação, entra o Corinthians? Sim! É difícil falar em hipóteses, mas além do Corinthians tem outras equipes brigando pela aquisição do meu passe: o Palmeiras e o Santos Futebol Clube – finalizou.


Enquanto aguardava o momento de embarque no Aeroporto Estadual de Pres. Prudente, uma foto da família de Edu Dracena, ao lado dos pais e da esposa.


E aqui num close especial para os fãs e admiradores. É o Internacional Eduardo Luiz Abonizio de Souza – o Edu Dracena – que está de volta ao futebol brasileiro de S.Paulo.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 15h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

POLÍCIA MILITAR CONTA
AGORA COM PISTOLAS TASER

 

O problema da segurança pública na região de Presidente Prudente está sendo encarado pelo Governo Estadual, com maior seriedade. Tanto é verdade que foram entregues nos últimos meses dezenas de viaturas destinadas à PM e a Polícia Civil. A Prefeitura Municipal também participa desse processo que visa a manutenção da ordem e do respeito ao Cidadão. Mas o que mais chama a atenção de todos, são os atos de violência, que nem sempre têm resposta imediata dos órgãos de segurança.

A última novidade é representada pela entrega através da Secretaria de Segurança Pública, de novas armas não letais, dotadas de maior eficiência e tecnologia, sempre preservando a vida humana. E isso está sendo representado pelo aprimoramento dado a alguns policiais militares, através de estágios no exterior. Como foi o caso do 1º Sgtº Marcelo Barrionuevo, contemplado com um curso de especialização sobre Policiamento Comunitário, no Japão.

Nos últimos dias, o 18º Batalhão da Policia Militar – BPM-I – recebeu 12 pistolas Taser, que começam a ser colocadas em uso, não só em Presidente Prudente, mas em inúmeras outras cidades da região. É uma arma que imobiliza momentaneamente a pessoa alvejada por um dardo, cujo efeito é equivalente a um choque elétrico que tem a duração de cinco segundos.

Policiais que fizeram o treinamento a fim de utilizar essas armas (repassando os conhecimentos para outros policiais militares) disseram que o principal objetivo é evitar mortes. O uso dessa arma só se dá em condições especiais, sendo indicada para ocorrências com refém e pessoas com alterações psicomotoras. É uma pistola alimentada com baterias (pilhas especiais) e emite ondas que enganam o cérebro, utilizando dois dardos. Ao ser atingido, o cérebro não recebe estímulos, e como conseqüência, a pessoa atingida fica paralisada por alguns momentos.

Mesmo sem ser letal, essa nova arma só será utilizada como um recurso extremo, depois de esgotar todas as alternativas para liberação de algum refém de seqüestro na fase de negociação. A ordem deve partir do oficial ou superior hierárquico que estiver no comando da operação. A distancia recomendada é de no mínimo quatro metros e o policial que detém o controle da arma precisa visualizar bem o alvo para disparar o dardo paralisante na direção do corpo, abaixo do tórax. Para isso, existe uma mira telescópica lazer, ajustada à arma.


A Secretaria de Segurança Pública do Governo Estadual está distribuindo essa nova arma aos setores mais importantes de Segurança de São Paulo. Pres.Prudente recebe 12 pistolas inicialmente.


Enquanto se espera pela entrega de novas viaturas (Pátio da Seccional), o prefeito Milton Carlos de Mello – Tupã – entrega as chaves de 3 viaturas que vão operar no Programa 190.


O Estado e a Prefeitura distribuem viaturas, com a finalidade principal de garantir a manutenção da ordem e a segurança da população local e regional.


Veja demonstração sobre o emprego dessa nova arma.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 15h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

DELEGADO SECCIONAL
FALA SOBRE SEGURANÇA

Quem percorre as ruas de Presidente Prudente, verifica que aumentou de forma considerável o número de cercas eletrificadas em torno da área residencial, inclusive dos Condomínios de classes média ou alta. Além da cerca elétrica em pontos elevados, surgem câmeras de vídeo por toda parte. E mais: portões eletrônicos, seguranças particulares ou de empresas especializadas e até mesmo cães de guarda. Seria esta a prevenção ideal contra os assaltos?

Fomos buscar as respostas junto à Delegacia Seccional de Policia de Presidente Prudente, onde tivemos boa acolhida proporcionada pelo Dr. Walmir Geralde, que nos apresentou todos os dados estatísticos referentes ao assunto, desde 2008. Na DEINTER 8 foram constatados naquele ano 9 roubos de veículos; outros roubos 383; furtos de veículos 113 e furtos outros 3.327.

De acordo ainda com o Sistema Estadual de Coleta de Estatísticas Criminais, foram constatados nos seis primeiros meses de 2009, nada menos que 1926 furtos e roubos. Assim discriminados: roubos de veículos 12; roubos (outros) 252; furtos de veículos 98 e furtos (outros) 1.564, dos quais 772 no 1º semestre e 792 no 2º semestre do ano.

O Delegado titular da Seccional de Polícia esclarece que a própria Constituição Federal de 1988 – ao dedicar um capítulo à Segurança Pública – dividiu a responsabilidade sobre o tema entre o estado e a população destinatária. Refere-se o legislador que ela (Segurança) é Direito e Dever de todos. Verifica-se assim - diz o Dr. Walmir – que o Estado reclama a participação dos cidadãos, na prevenção criminal.

Depois, o Delegado adiciona outras palavras: No caso dos crimes patrimoniais é de fundamental importância a colaboração de todas as pessoas. Do morador que adiciona equipamentos de segurança para proteger o seu imóvel, como câmeras de circuito interno, cercas elétricas, alarmes, etc.até as empresas que emprestam seu labor, na criação de eficientes equipamentos.

Destaque-se que por conta da proposta constitucional verificou-se um crescimento no seguimento de segurança patrimonial – frisa Dr. Walmir - o que possibilitou a popularização dos equipamentos. Não bastasse o incremento da tecnologia que foi determinante para a segurança dos automóveis, que já saem de fábrica com dispositivos de segurança, tais como: chave de ignição codificada, alarmes, e outros recursos.

Registre-se ainda: “se a tecnologia revolucionou a prevenção primária, quanto aos furtos que sofreram quedas nos registros criminais – pelas dificuldades criadas aos criminosos – acabou obrigando os marginais a migrarem para outros crimes. Entre os quais o roubo, que passou a ser uma prioridade das autoridades policiais! – concluiu.


O Delegado Seccional de Policia de Pres. Prudente, Dr. Walmir Geralde esclarece com base em dados estatísticos, como está a segurança da população.


Cercas elétricas não oferecem segurança total aos moradores, mas pelo menos inibe o assaltante de invadir a propriedade privada ou particular.


Algumas residências estão se transformando em verdadeiras fortalezas, guarnecidas por um complicado sistema de proteção com cercas eletrificadas.


As Câmeras de Vídeo estão por toda parte. Grandes ou pequenas elas representam uma séria ameaça ao assaltante que teme por ser identificado através da imagem gravada.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 15h04
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA
SE MOBILIZA CONTRA A GRIPE A

Desde o aparecimento dos primeiros casos suspeitos de contaminação pelo vírus H1N1, a Vigilância Epidemiológica de Presidente Prudente se mobilizou e com o apoio das autoridades e da população, tornou-se possível a prevenção contra a pandemia. Assim mesmo, alguns casos ocorreram na cidade e região, o que exigiu maiores e urgentes providências para o controle da situação.

Na Câmara Municipal houve uma audiência pública, onde todos os interessados puderam participar e questionar a equipe conduzida e dirigida por Vânia Maria Alves. O vereador Izaque José da Silva – que é o Presidente do Legislativo Municipal - adotou como primeira medida, a adoção do Álcool Gel, através de kits montados à entrada do recinto da Câmara.

Durante a exposição de motivos, foi aberto o debate com perguntas e respostas, sendo prestados todos os esclarecimentos que se faziam necessários para conter a gripe suína (Influenza A). Ou pelo menos, orientar os interessados sobre os procedimentos mais recomendáveis.


A mesa que presidiu os trabalhos durante a audiência pública, instalada na Câmara Municipal.


Outros componentes da mesa, especialmente convidados pela Presidência da Câmara.


Vânia Maria Alves, Coordenadora da Vigilância dá total cobertura à ação contra a gripe .


Parte da platéia que compareceu para o debate público, pela primeira vez em Prudente.


Álcool Gel foi disponibilizado em vários locais do recinto onde funciona a edilidade prudentina.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 14h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

GRIPE H1N1: O MOMENTO É DE ALERTA
E NÃO DE PÂNICO, DIZ INFECTOLOGISTA

A fase mais crítica da gripe causada pelo vírus Influenza A (H1N1) está passando; porém ainda causa apreensão em todos os pontos do Planeta, havendo urgente necessidade de uma melhor conscientização. Na região de Presidente Prudente a situação não é diferente. A Vigilância Epidemiológica fez um balanço da incidência do vírus que transmite a doença.Mesmo assim, a situação geral até os primeiros dias de Setembro são ainda preocupantes. O resultado deixa dúvidas, pois já foram confirmados cerca de100 casos de contaminação, sendo 20 positivos, 23 negativos, 02 óbitos e os demais aguardam resultado dos exames do Laboratório Adolpho Lutz.

Visando orientar aqueles que nos acompanham, solicitamos ao Dr. José Wilson Zangirolami, que é médico infectologista e membro integrante do Grupo de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde a nos prestar alguns esclarecimentos. Ele prontamente nos atendeu e disse que os sintomas da gripe suína são os mesmos da gripe comum (sazonal) e incluem: Febre alta (acima de 38 graus) e tosse, acompanhados ou não de dor de cabeça, coriza, mialgia, dor no corpo, diarréia e vômito.

Pessoas com sintomas gripais e fatores de risco, principalmente gestantes, portadores de doenças crônicas de pulmão ou coração e com deficiência imunológica, correm risco de evolução mais grave. Necessitam de acompanhamento médico mais rigoroso. A mesma recomendação é válida para maiores de 60 anos e menores de 02 anos de idade – diz o Dr.Zangirolami.

De acordo com o Médico Infectologista e Professor da disciplina de Doenças Infecciosas da Faculdade de Medicina da Unoeste/P.Prudente, aqueles que apresentarem sintomas leves da doença e sem fatores de risco de gravidade, não necessitam de cuidados especiais. Mas acrescenta: “se os sintomas vierem acompanhados de falta de ar, queda de pressão ou muita fraqueza, é conveniente procurar atendimento médico”.

Dr. José Wilson Zangirolami reafirma que o momento é de alerta, mas não de pânico. Apesar de ser uma doença muito transmissível, a gravidade – na maioria das vezes – não é maior do que a gripe que já estamos acostumados a lidar. E da mesma forma: Lavar sempre as mãos com água e sabonete, ou álcool em gel; evitar aglomerações e manter uma alimentação saudável e balanceada, são as orientações do médico.


Dr. José Wilson Zangirolami diz que a gripe H1N1 não é maior do que a gripe comum.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 14h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

CERCA DE 2 MIL PESSOAS NA
PALESTRA DO DR. BACTÉRIA

Com o agravamento da situação em decorrência da pandemia H1N1 que provocou pânico geral diante da contaminação de inúmeras pessoas, incluindo perdas de algumas vidas humanas na região de Presidente Prudente, foi convidado para falar o assunto o médico Roberto Figueiredo. Ele se popularizou através de sua participação no “Fantástico” da Rede Globo. Conhecido como o “Dr.Bactéria”, aqui esteve especialmente convidado pela UNOESTE e TV Fronteira. O público presente foi calculado em 2 mil pessoas.

Falando sobre a Gripe Influenza A, H1N1 ou Gripe Suína, o palestrante discorreu ligeiramente sobre o assunto e fez algumas recomendações que vamos reproduzir a seguir:

A gripe realmente é uma infecção que veio para ficar – frisou Dr. Figueiredo (Dr.Bactéria). Ela foi terrível principalmente para o vírus sazonal. Praticamente 80 ou 25% das gripes atualmente vieram dela. Toda pandemia vem através de ondas. Já estamos passando do 1º pico; o outro deverá vir no outono.

O pessoal fala em vírus sazonal. Mas toda pandemia vem por ondas; no mínimo duas ondas. O outro pico deverá acontecer lá pelo outono, mas nessa época – se Deus quiser e os homens também - já deveremos contar com uma vacina. E nessa altura, pelo menos os grupos de risco estarão com o problema um pouco menor.

Dr. Bactéria explica: “Toda coisa ruim tem o lado bom. O lado bom dessa gripe é que nunca se falou tanto em higiene como está se falando agora. O problema todo são os excessos. Atualmente, todo mundo é infectologista, as pessoas usam o álcool gel como se fosse água benta. Álcool gel não foi inventado para se livrar da necessidade de lavagem das mãos. Você pega o frasco e lê: Só passar depois que as mãos estiverem limpas...

“Tem que lavar as mãos .e depois passar álcool gel. Se as mãos estiverem limpas, então para que usar o álcool gel? Primeiro lavar com água e sabão e depois passar o álcool gel. Isso é um procedimento recomendável principalmente para pessoas ligadas aos Hospitais: médicos, enfermeiros ou outros profissionais que trabalham na área de saúde.Os demais não precisam usar produtos antisséticos” – disse.

Nada de automedicação, nada de diagnóstico e nada de regime. A receita está lá em cima.


O “Solarium” um novo, amplo e moderno auditório da UNOESTE esteve lotadíssimo, tendo afluído cerca de 2 mil pessoas, incluindo autoridades, convidados e estudantes da Universidade.


De um outro ângulo se vê a afluência e o interesse demonstrado pelos participantes do evento, a fim de conhecer o palestrante que é “Show Men” do Fantástico da Rede Globo.


Dr. Bactéria fazendo sua exposição sobre vírus e bactérias que chegam aos milhões no corpo humano e nos alimentos consumidos pelos habitantes do planeta.


Os Diretores da TV Fronteira foram pessoalmente ao Solarium para prestigiar o palestrante.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 14h40
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

FORUM DO DIREITO AMBIENTAL
COMEÇA DIA 16 COM 40 PALESTRAS

Em Presidente Prudente está havendo muita expectativa pela realização do II Fórum do Direito Ambiental do Pontal do Paranapanema. A abertura do evento se dará no dia 16 de Setembro no Centro Cultural Matarazzo. Estão previstas nada menos que 40 palestras, com início às 19h00 do dia 16 e encerramento no dia 18 Setembro, às 12h00. Entre os participantes, a Secretária do Estado de Saneamento e Energia, Dilma Pena, o Secretário da Justiça e Defesa da Cidadania, Luiz Antonio Guimarães Marrey e o apresentador convidado, jornalista Carlos Tramontina.

Três reuniões preliminares realizadas no Centro Cultural Matarazzo e Prefeitura Municipal serviram para definir a extensa programação a ser cumprida. Foram abertas inscrições para eventuais interessadas num total de 1.000 vagas, que foram preenchidas em poucos dias, o que inviabiliza o cadastramento de pelo menos 200 pessoas que desejavam fazer suas inscrições ao ciclo de palestras. Elas estão na lista de espera, mas um número bem maior - até 2.000 pessoas - é a previsão dos organizadores do evento.

Em todas as reuniões preliminares, marcaram presenças os Deputados Mauro Bragato, Ed Thomas e Talmir Rodrigues. Na última reunião no dia 02 de Setembro, o Deputado Federal Talmir Rodrigues foi representado pela esposa, Adriana Ramalho Rodrigues. O Promotor Regional do Meio Ambiente, Nelson Roberto Bugalho solicitou apoio dos parlamentares p/ inscrever o Fórum de Debates no Calendário Turístico do Estado, enquanto o Prefeito Milton Carlos de Mello – Tupã – já o colocou na programação festiva dos 92 anos de Presidente Prudente.

O Superintendente da Sabesp Izaias Storch, que patrocina o evento de natureza ambiental afirmou que o Fórum de Debates está entre os melhores do país, e não tem dúvida que no Estado de São Paulo figura como um dos mais importantes. Se não for o primeiro, é um dos primeiros - disse. O Promotor Marcos Akira, o Secretário Municipal do Meio Ambiente, Fernando Luizari, o Presidente da OAB, José Francisco Galindo Medina e o representante das Faculdades Toledo, Ronaldo Cardoso também se manifestaram em apoio à iniciativa.


O Presidente da OAB, José Francisco Galindo Medina foi o primeiro a se pronunciar.


Do outro lado da mesa, fala o representante do Ministério Público, Marcos Akira.


Adriana Rodrigues, Presidente do PV fala em nome do Dep. Federal Talmir Rodrigues.


Como nas demais reuniões preparatórias, a presença dos convidados é muito importante.


E por fim a palavra do Promotor Reg. do Meio Ambiente e Coordenador, Nelson Bugalho.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 14h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

PROMOTOR DA INFÂNCIA E
JUVENTUDE VISITA ESCOLAS

Já se tornou rotina na vida do Promotor Luiz Antônio Miguel Ferreira, da Infância e da Juventude, visitar Escolas da Rede Pública, a fim de verificar pessoalmente o comportamento demonstrado por estudantes, jovens ou adolescentes. Trata-se do Projeto “Justiça na Escola”, que conta com a parceria do Ministério Público com o Juizado da Infância e da Juventude, Policia Militar e Policia Civil através da Delegacia Especializada.

Um dos estabelecimentos de ensino visitado ultimamente em Pres.Prudente, foi a Escola Estadual Monsenhor Sarrion, tida como modelo para a cidade e região. Ésta foi a 20ª. unidade educacional de um total de 22 que figuravam na listagem geral de visitação. Na ocasião, foram debatidas todas as questões pertinentes à aquela escola pública.

Os problemas de maior relevância, de conformidade com outros estabelecimentos do gênero e que estão diretamente ligados aos alunos, passaram por uma completa e detalhada verificação. Depois foram submetidos à apreciação do Promotor Luiz Antonio e do Juiz José Wagner Parrão Molina, juntamente com a titular da Delegacia dos Direitos da Mulher, e da PM, Daniela Marrey e Major Belotto.

Embora a Escola Monsenhor Sarrion seja classificada como um dos melhores estabelecimentos de ensino da rede estadual, ainda não foi possível evitar os danos causados ao patrimônio público. E também as costumeiras divergências que resultam num clima de hostilidades e agressividade entre alguns estudantes que freqüentam a escola.

O promotor Luiz Antonio Miguel Ferreira tem participado de inúmeros eventos voltados à avaliação do comportamento de jovens e adolescentes, tanto em São Paulo como em outros Estados. Em face disso argumenta que seu trabalho está voltado à prevenção, direitos e deveres dos alunos.

Manter a ordem e a disciplina vem se tornando cada vez mais difícil – diz a Prof. Joana D’Arc – que é a Diretora da Escola Estadual Monsenhor Sarrion, de Pres.Prudente. “Mas a partir de 2005 procuramos adotar uma nova postura relacionada ao comportamento humano desses estudantes; e os problemas diminuíram consideravelmente” – finalizou.


O Promotor Luiz Antonio Miguel Ferreira cumpre o Projeto “Justiça na Escola” do MPE através de parceria.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 14h20
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

TONINHO MORE´:UM PROFISSIONAL
ECLÉTICO NA IMPRENSA E NO RÁDIO

Ele é de uma geração intermediária dos anos 50. Tem 51 anos de idade, viveu os anos dourados do Rádio, quando ainda era criança. Na adolescência conviveu com o avô e o tio que participavam do Conjunto Regional da Rádio Presidente Venceslau/AM e depois acompanhou a evolução do irmão, Clovis Moré, desde seus primeiros anos de atuação na mesma Rádio, fazendo brilhante carreira no Jornalismo (impresso), locução, narração e apresentação de programas, no radiojornalismo e no telejornalismo. Tem também o filho (Gustavo) e o sobrinho (Ivan), de extraordinária atuação. Seu nome: Antonio Carlos Moré, conhecido nos meios profissionais como “Toninho Moré”. É ele que será o entrevistado do nosso blog neste mês de Setembro, aniversários de Venceslau e Prudente. Perguntas e respostas virão a seguir.

Nascido em março de 1958. Economista, Radialista, Jornalista provisionado e Fotógrafo. Empresário da revista Radar e Rádio Jovem FM de Presidente Venceslau. Casado com Isabel Christina Mozer Dantas Moré, designer gráfica. Filhos: Gustavo Moré, 24, jornalista e Laís Moré, 22, cursando o último semestre de Farmácia. Gosta de futebol, leitura, arte e de bater bola com os amigos na AABB/Venceslau. Na internet mantém o www.toninhomore.blogspot.com

Como e quando ocorreu o seu ingresso no setor das comunicações?

Estou no mundo das comunicações desde 1975, quando ingressei na Rádio Presidente Venceslau AM para trabalhar como Operador de Áudio.

Na carreira inicial, o que mais o encantou na atividade radiofônica?

O encanto pelo rádio foi instantâneo. Tudo me fascinava. Mas a atenção inicial foi para a operacionalidade dos estúdios. Dinamismo, criação e adrenalina. Naquela época tudo era diferente, a programação feita ao vivo. Tocávamos discos de vinil de 33 rotações e os jingles em 78 rotações. O Operador de Áudio era a alma da área artística da rádio. Tinha que trabalhar concentrado, ser criativo e não errar. Nada era gravado. Pura emoção. Após os estúdios fui para a discoteca, onde trabalhei como programador e depois, não sei como, passei à locução.

Você se inspirou em alguma personalidade da época?

Não. Inicialmente não achava que chegaria à locução. Trabalhava nos bastidores. Talvez, por este motivo não me espelhei em ninguém. Lembro que ouvia os grandes nomes da época, Pedro Alves, Clóvis Moré, Moacir Bento, Luis Augusto (todos da antiga AM de Presidente Venceslau), mas fiquei na minha. Talvez por isso tenha estilo diferente dos demais. Na verdade, nunca gostei muito de minha voz. Comecei a falar mais por necessidade.

Produziu ou criou alguma coisa nova em rádios AM ou FM?

Acho que sim. As rádios são na verdade, a cara de quem as dirige. Estou na direção da Jovem Som FM de Presidente Venceslau, desde 1981. Para implantar a rádio em seu surgimento tive que bolar vários programas. A maioria deu certo, principalmente os relacionados à área de jornalismo.

Com a FM em operação, percebeu alguma evolução em termos de programas?

Não sei se esta pergunta está relacionada apenas ao meu meio. Mas as emissoras em FM deram nova dinâmica no mundo do rádio. Em Presidente Venceslau criamos programas ao vivo nos finais de semana endereçados a movimentação e atividades dos jovens. Fizemos gincanas e cobrimos esportes em outras modalidades. Houve evolução, que acontece até os dias atuais.

Qual o esquema essencial para conquistar o ouvinte?

No rádio não existe um modelo ideal para conquistar ouvintes. Para cidades grandes, como as capitais, os profissionais da área segmentam a programação para um determinado estilo, buscando atingir determinado setor da sociedade. Por isso, vemos rádios dos estilos pop-rock, sertanejas, sambas e pagodes e outros gêneros. Em cidades menores as rádios são obrigadas a optar pelo ecletismo, diversificando a programação com vários gêneros musicais e notícias gerais, de esportes, e principalmente da comunidade. Considerando que faz parte de família com vocação artística, em especial para o rádio, o que fez para revelar novos talentos?

Este é um assunto gratificante para mim. Orgulho-me de ter participado da formação de vários profissionais de imprensa, especialmente na área de radiodifusão. Locutores, editores de áudio e jornalistas que começaram com nós em Presidente Venceslau são destaque em diversas partes do país. Esforço-me para entrar na lista dos grandes formadores de radialistas que é composta por Altino Correia, Ezidro Tacca, Clóvis Moré e Osmar Pacito. Foram estes que me incentivaram e ensinaram, e espelhando neles tento orientar os que trabalham comigo.

Considerando a atual concorrência com a internet, qual o futuro para a sobrevivência das publicações impressas ou do Rádio e Televisão?

Tanto Rádio como Televisão devem evoluir junto com os meios ágeis de comunicação que apareceram nos últimos anos. O que não podemos fazer é desviar o foco, sair da mesma frequência da proposta e dinamismo da Internet. O Rádio, por exemplo, ainda é o meio mais rápido e eficiente de informação. O trabalho é instantâneo e milhões de pessoas que estão em trânsito ou em casa trabalhando, estão com o radinho ligado. É por isso que a conectividade do rádio com a web está cada vez mais em evidência. A Televisão terá ainda mais visibilidade. Displays pequenos ou grandes com imagens em movimento deverão tomar conta de espaços estratégicos em empresas, estações de metrô, aeroportos, estádios e até ruas. Tudo será ligado à web, rádios e outros meios de informação. Quanto à mídia impressa, lembro de uma resposta que deram a Bill Gates quando disse que o “o mundo está se preparando para aposentar o papel” em uma conferência da Microsoft. Responderam, “É Mister Gates, para explicar como isso vai ocorrer, o senhor escreveu um livro”. Quer dizer, os jornais podem sofrer com a incursão gratuita de notícias nos sites, mas as notas mais concisas, esclarecedoras e de opinião, continuarão a necessitar do papel por muito tempo.

A Revista Radar que você dirige e produz todos os meses com eficiência, alcança os seus objetivos a nível regional?

A revista Radar é um produto novo, de apenas cinco anos em processo de afirmação. A primeira proposta foi fazer uma revista voltada para Presidente Venceslau. Deu certo. A comunidade gostou, adquiriu assinaturas e comprou exemplares nas bancas. A partir daí passamos para a regionalização. Estamos circulando também em Presidente Epitácio, Caiuá, Piquerobi e Marabá Paulista. Temos conseguido alcançar os objetivos propostos em sua implantação. As edições são baseadas em notícias dos últimos acontecimentos nestas cidades. Quais os figurantes principais da Revista?

Na Radar, os artistas, os personagens, são os moradores das cidades com suas histórias e anseios. Lembramos também que através dos números mensais, estamos montando importante acervo de imagens e textos para a região. Quando falo sobre a Revista Radar, gosto de frisar que o trabalho de compilação das edições é feito por mim e pela minha esposa Isabel Christina. Faço os contatos publicitários, escrevo e fotografo. Ela conclui o projeto através da computação gráfica, sendo a responsável pela qualidade artística das publicações.


Antonio Carlos Moré – Toninho Moré – dedicação exclusiva à Rádio Jovem Som-95 FM-; Revista Radar (Regional) e profissional de comunicação.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 14h17
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

GOVERNO ISENTA ICMS DA CARNE

Desde o dia 01 de Setembro está em vigor em todo o Estado, o Regime Especial de Tributação, o que concede às carnes e produtos derivados isenção do imosto sobre operações relativas à circulação de mercadorias resultantes do abate em Frigoríficos paulistas. A mesma determinação se aplica na questão dos serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação, ou seja: ICMS. Com isso, a carga tributária foi reduzia de 7% para zero.

Em princípio, os grandes beneficiados foram os Frigoríficos dedicados ao abate de gado para abastecer o mercado interno e externo. Os setores industriais, atacadistas e empresas dedicadas à comercialização de carnes bovinas, suínas e aves figuram em segundo plano. O consumidor aparece em terceiro, desde que a diferença resultante da isenção do imposto seja repassado aos consumidores de carnes e derivados em geral.

O Presidente da Associação do Comércio de Carnes de Presidente Prudente e região, Jesuíno Paiva Cavalcante (Netinho) é de opinião que a medida virá devagar, até que os estoques de carnes existentes em açougues e outros estabelecimentos do ramo sejam renovados. Seria uma forma de repassar os benefícios concedidos pelo Governo Estadual para os próprios consumidores, o que contribuiria também para aumentar a aquisição e o consumo do produto.

O Deputado Edson Aparecido nos enviou um release para elogiar a atitude tomada pelo Governador José Serra, argumentando que o aumento de consumo estaria gerando mais empregos e mais renda. A alíquota do ICMS para o setor era de 7% e agora passa a não existir. O setor produtivo deixaria de pagar mais impostos e o maior beneficiado com isso, seria o consumidor. Zerando o imposto sobre a carne, as empresas podem contratar mais, gerando renda e mais empregos.

Diante dessa deliberação de zerar impostos para a carne e derivados, por que não estender esses benefícios aos demais produtores rurais? Quem planta feijão, arroz, batata, milho, e produtos hortifrutigranjeiros deveria ser o primeiro a se beneficiar da isenção de impostos, o que incentivaria não só quem produz, mas também os consumidores de uma forma geral.


A carne bovina, produzida nos grandes Frigoríficos tem agora incentivo do Governo de São Paulo, através da isenção do ICMS.


O Presidente da Associação do Comércio Varejista de Carnes e derivados da região de Pres.Prudente, Jesuíno Paiva Cavalcante admite que o consumidor será o grande beneficiado.


O Deputado Edson Aparecido argumenta que “zerando o imposto sobre a carne, as empresas podem contratar mais, gerando rendas e mais empregos”.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 14h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

FALA SOBRE QUALIDADE DO ENSINO
EX-MINISTRO E ATUAL SECRETÁRIO

O ex-Ministro e atual Secretário de Educação do Estado, Paulo Renato Souza esteve em Presidente Prudente e Pirapozinho, convidado especialmente pela União dos Municípios do Pontal do Paranapanema - Unipontal. Na recepção no Aeroporto Estadual, estavam presentes, prefeitos, vereadores, professores e demais interessados em debater assuntos de ordem educacional, especialmente relacionados à qualidade do ensino.

Respondendo a 1ª. indagação, o Secretário enfatizou que o grande desafio atual é representado pela qualidade do ensino público, cujos índices de aprendizagem devem ser melhorados. Citou as novas regras para concurso implantadas em seu plano de atividades. E justificou os métodos de promoção, através de um novo plano de valorização pelo mérito de cada professor ou diretor. Essas novas medidas – disse – possibilitarão um aumento na faixa salarial de até 4 vezes mais o salário inicial.

Quanto ao ensino religioso nas escolas de São Paulo, afirmou que o Estado não se responsabiliza pelo pagamento dos professores. Mas o assunto vai ser tratado com o máximo carinho e atenção. Em resposta à reivindicação do Presidente da Unipontal, César Alberto Centeio de Araújo (Iéia) relativa à doação de 33 ônibus para transporte de estudantes, disse que vai analisar a proposta e contribuir da melhor forma com os municípios da região. “Nosso desafio será o de melhorar o aprendizado em todo o Estado”.


O secretário e ex-ministro da educação, Paulo Renato Souza disse que o Estado não se responsabiliza pelo pagamento dos professores do ensino religioso.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 14h07
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

CONDÔMINOS SE CONFRATERNIZAM

Moradores do Condomínio Residencial “São Marcos”- localizado no Jardim Marupiara em Presidente Prudente - tiveram no mês passado um importante encontro de confraternização. Foi especialmente para a entrega das Escrituras de Propriedade a todos os condôminos, uma iniciativa do Sindico do Edifício, Dr. Roberto Gurgel do Amaral e demais diretores. O moderno Edifício é dotado da mais completa infraestrutura e é considerado um dos mais belos da cidade.

Para celebrar o acontecimento, todos os condôminos, familiares e convidados foram agraciados com um Almoço de Confraternização no Terraço do novo e moderno Edifício. São dois apartamentos por andar, dois elevadores e dois sub-solos, sauna, portaria, amplo salão de festas, churrasqueiras, piscinas c/ deck e garage para estacionamento. Na cobertura que equivale ao 16º andar, mais espaço para celebrações especiais e uma visão panorâmica de toda a cidade.


Este é o Condomínio Residencial São Marcos, com 16 andares, um dos mais valorizados de Presidente Prudente. Situa-se em ponto estratégico, ao lado da Unesp e Parque do Povo.


Os moradores do Condomínio participaram de um almoço de confraternização, juntamente com suas famílias, amigos e convidados. Foi em regozijo p/ entrega das escrituras.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 13h58
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

FEIRA NACIONAL DO TEATRO DE
PRES.PRUDENTE C/ ÊXITO TOTAL

Agosto, mês do folclore foi marcado pelo grande sucesso que alcançou o 16º FENTEPP - Feira Nacional do Teatro de Presidente Prudente - uma brilhante iniciativa do Teatrólogo Fabio Nougueira., titular da Secretaria Municipal de Cultura. Com o apoio da Prefeitura, Sesc/Sp e Secretaria do Estado da Cultura o evento foi coroado de êxito, do começo ao fim. A explicação dada no apagar das luzes do 16º FENTEPP é de que o Festival cresce à cada edição. No ano passado foram 160 espetáculos; neste ano mais de 300.

É o próprio Fabio Nougueira quem explica: Em 2008 a qualidade foi muito boa, mas neste ano a Curadoria teve dificuldade em escolher os melhores espetáculos. Resultado: existiam mais de 50 espetáculos em condições de figurar no Festival, que foi maravilhoso, porque saiu das quatro paredes e foi para a praça pública. Tivemos 15.000 expectadores em média, enquanto a projeção inicial era para mais de 20 mil, reduzida em função da ameaça de ocorrência da gripe suína e das medidas preventivas.

Para se ter uma idéia do sucesso alcançado pelo Festival deste ano – diz Fabio Nougueira – basta dizer que já temos o patrocínio para todo o Festival de 2010, com três patrocinadores e também a Prefeitura, o que justifica o respeito alcançado pelo evento cultural e artístico em todo o Brasil. Com isso, a cidade ganha projeção no cenário nacional, pois se transforma em notícia importante, não apenas durante o período de inscrições, mas principalmente durante a realização do Festival.

Nougueira conclui que o Festival não pára. Logo que termina um começa outro, e sua equipe já trabalha visando o próximo Festival, onde a população tem acesso . É um acontecimento importante no noticiário da grande imprensa, nos veículos de comunicação regional e através da Internet em todo o Planeta.


Fábio Nougueira, fala com empolgação do grande sucesso alcançado pelo 16º Festival Nacional do Teatro de Presidente Prudente, que em 2010 virá com força total.


Detalhe da encenação de um dos 160 espetáculos apresentados no 16º FENTEPP.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 13h54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

AS FLORES ESTÃO DE VOLTA

É impressionante o número de ipês plantados nas ruas de Presidente Prudente. Nem bem termina uma estação e surge uma nova florada. Antes mesmo da chegada da Primavera já se pode observar uma imensa variedade de flores, especialmente dos ipês: branco, rosa e amarelo a um só tempo. E por incrível que pareça já é a terceira ou mesmo a quarta florada do ano. Primeiro o rosa, depois o branco e em menor quantidade o ipê amarelo.

Na maioria das vezes a florada é de curta duração. Pouco mais de um dia e o chão fica totalmente forrado de pétalas de flores, rosa, branco ou amarelo. O rosa (ou roxo) surge em maior quantidade e por mais tempo; o amarelo é o que menos aparece. E no menor espaço de tempo, ele some e só reaparece muito tempo depois. É por isso que nas festas comemorativas aos dias 07 e 14 de Setembro as flores dão um show, como se estivessem sorrindo.

Perguntamos ao Secretario Municipal do Meio Ambiente, Fernando Luizari sobre o número de arvores que compõem a paisagem urbana de Presidente Pudente. E ele não soube responder. Mesmo os ipês ainda não foram cadastrados para se saber exatamente quantos são. Em hipótese, calcula-se em mais de 50 mil árvores ornamentais, a maioria já em plena florada.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 13h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

DOM AGOSTINHO MAROCHI RECEBE
HOMENAGENS PELOS SEUS 84 ANOS

No dia 28 de Agosto – dedicado a Santo Agostinho – Dom Antonio Agostinho Marochi recebeu expressivas homenagens pelo transcurso de seu 84º aniversário natalício, e simultaneamente 70 anos de vida religiosa. A cerimônia, embora cercada da maior simplicidade verificou-se no Condomínio João Paulo II, onde Dom Agostinho reside há alguns anos. Foi uma iniciativa de Dom Benedito Gonçalves dos Santos, nosso atual Bispo Diocesano.

Dom Agostinho que é Bispo Emérito há 7 anos é também o 3º Bispo da Diocese. Sua vida religiosa começou em 1939 quando ingressou no Seminário São José, de Curitiba/Pr, contando apenas 14 anos de idade. Ele nasceu em 28 de Agosto de 1925 em Campo Largo/PR. Após concluir o I e II graus em 1947, foi completar seus estudos superiores em São Leopoldo/RS e posteriormente São Paulo.

Foi ordenado Sacerdote em 1953 (dia 06 de Dezº) na Catedral Metropolitana de Curitiba, juntamente com outros 4 companheiros: Dom Pedro Fedalto, Dom Albano Cavalin, Pe. João Augusto Sobrinho e Pe. Francisco Gorski. Teve atuação destacada na Arquidiocese de Curitiba, ocupando as funções de Diretor de Obras Sacerdotais, Professor do Colégio Sion, Vigário Prof.do Colégio Militar, Diretor de Obras Sociais, Coordenador do Clero, Pastoral da Arquidiocese e Presidente da Associação Nossa Sra.de Fátima.

Sagrou-se Bispo na Catedral Metropolitana de Curitiba pela imposição das mãos de Dom Pedro Fedalto, no dia 06 de Dezembro de 1973, sendo designado para exercer importantes funções como: Encarregado da Linha 6 da Regional Sul II e Secretaria da Província Eclesiástica de Londrina/PR. No ano de 1976 foi designado para assumir a Diocese de Presidente Prudente/SP, em substituição a Dom José Gonçalves da Costa (de saudosa memória), promovido e nomeado Arcebispo de Niterói/RJ.

Dom Agostinho Marochi, na condição de Bispo Diocesano de Presidente Prudente até 2002, ordenou 37 sacerdotes e participou da criação dos Seminários Maiores de Filosofia e Teologia da Província Eclesiástica de Botucatu/SP. Instituiu na Diocese diversos Ministérios Leigos; publicou o Diretório de Pastoral da Diocese; conferiu o Sacramento do Crisma a 93.556 crianças e adolescentes; reformou a Catedral de São Sebastião; adquiriu 307 terrenos para as Paróquias e outros benefícios extensivos a toda a comunidade.

A principal homenagem do dia 28 consistiu numa Missa em Ação de Graças, concelebrada por Dom Benedito Gonçalves dos Santos, inúmeros sacerdotes e membros da comunidade. Todos compareceram ao ato festivo, com o propósito de homenagear os 84 anos de Dom Agostinho Marochi, Cidadão Prudentino e Amigo de 33 anos como Pastor do Rebanho, somando-se 70 anos dedicados à vida religiosa.

 



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 13h31
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

CRIADORES PIONEIROS
SERÃO HOMENAGEADOS

Os criadores de bovinos e eqüinos das raças Nelore e Quarto de Milha, respectivamente, serão homenageados pelas autoridades e população de Presidente Prudente durante as comemorações alusivas ao 92º do município no dia 14 de Setembro. A iniciativa partiu do Presidente da Associação do ComércioVarejista de Carnes de Presidente Prudente e região, Sr. Jesuíno Paiva Cavalcante (Netinho). A escolha do local destinada à Praça dos Criadores foi definida pelos organizadores do evento. Será no Parque do Povo, onde também está prevista uma cerimônia especial para as homenagens, especialmente dedicadas ao criadores pioneiros.

Netinho, juntamente com Rui Moraes Terra - consagrado criador de Nelore da variedade mocha – e Renato de Jesus, do Rancho QM é de opinião que chegou a hora do reconhecimento, tributando merecidas homenagens a aqueles que trouxeram para cá, a essência das raças Nelore e QM. Por isso, a cidade passou a ser conhecida como “Capital do Nelore” e “Berço do Quarto de Milha”, a raça de eqüinos mais versátil do mundo, sendo importada dos Estados Unidos.

Para a Associação, reconhecer o mérito dos criadores pioneiros faz parte do espírito de Cidadania e Solidariedade. Assim, nada melhor do que montar um Monumento em Praça Pública, onde os animais simbolicamente mostrados estarão representando as duas raças: Nelore Quarto de Milha, juntamente com uma placa especificando os nomes de todos os criadores pioneiros, alguns já falecidos, mas presentes espiritualmente.

Para concretizar esse ideal foi preciso inicialmente recorrer à Câmara Municipal, onde os Vereadores Nico Rena e Izaque José da Silva elaboraram um Projeto de Lei votado numa das sessões do Legislativo de Presidente Prudente. Com aprovação unânime dos vereadores, o Projeto seguiu para sanção do Prefeito Milton Carlos de Mello – Tupã – . Aceito, acaba de ser transformado em realidade, com a inauguração do Monumento com a réplica de um reprodutor Nelore juntamente com um cavalo da raça Quarto de Milha.


O local escolhido para a Praça dos Criadores, situa-se no Parque do Povo, aqui vistoriado pelo Assistente Jurídico da Câmara Municipal, Dr. Agamenon, Jesuíno P.Cavalcante, o criador Ruy Moraes Terra e o repr. do Rancho Quarto de Milha, Renato de Jesus.


Numa montagem especial, a réplica dos animais das raças Nelore e Quarto de Milha que farão parte do monumento em homenagem aos pioneiros do criatório na Praça dos Criadores.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 13h26
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

HR COM NOVO VISUAL

O Hospital Regional de Base (antigo H.U.) está recebendo nova pintura, o que deverá mudar seu visual anterior de apenas uma cor esverdeada clara. Agora recebe listas vermelhas que por conseguinte deve representar uma nova transformação que as autoridades da Secretaria da Saúde decidiram implantar no Hospital Estadual.

Aparentemente, essa transformação se faz necessária já que existe o controle de uma nova administração hospitalar em fase de adaptação, visando melhorar o atendimento público. As listas vermelhas do novo visual, podem ser observadas na foto que estamos estampando em primeira mão. Veja e faça seu comentário.


O Pavilhão Administrativo do Hospital Regional já recebeu as primeiras listas vermelhas em sua nova pintura, que deverá se estender a outros pavilhões.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 13h22
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

FEIRA NACIONAL E NTERNACIONAL
DO ARTESANATO “MÃOS E ARTES”

Pelo espaço de dez dias, a cidade de Presidente Prudente sediou a 1ª. Feira Nacional e Internacional do Artesanato “Mãos e Artes”, que contou com a participação direta de 28 paises. O evento realizou-se no Centro Municipal de Eventos – ao lado da Rodovia Raposo Tavares – sendo visitado por milhares de pessoas de toda a região. O balanço financeiro não chegou ao nosso conhecimento, mas ao que tudo indica, houve boa afluência e excelentes negócios.

Os países participantes – alem de vários estados brasileiros – foram os seguintes: Tunísia, Tailândia, Turquia, Tanzânia, Uruguai, Rússia, Portugal, Peru, Marrocos, China, Quênia, Indonésia, Chile, Cambodja, França, Paquistão, Colômbia, Síria, Índia, Equador, Nigéria, Argentina, África do Sul, Líbano, Irã, Bolívia e Cashimir.

O evento foi promovido por iniciativa particular - através de uma empresa especializada - com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento e Planejamento (SEDEPP), havendo também participação de expositores e empresários locais em número equivalente a oito. Outros interessados vieram de regiões mais distantes, incluindo o nordeste, norte e sul do país.


A Feira Nacional e Internacional movimentou a cidade e recebeu milhares de visitantes.


Em cada local visitado, inúmeras novidades que o público local jamais tinha visto.


A moda indiana está no clímax. Por isso, a procura foi muito grande durante todo o período.


Paises do extremo-oriente apresentaram durante a realização do evento seus principais produtos.


Os mesmos expositores que vieram do exterior, percorrem grandes centros incluindo P.Prudente.


Em se tratando de uma Feira Nacional e Internacional, o resultado financeiro deve ter sido compensador.


Outras promoções desse gênero deverão ocorrer somente no próximo ano com o apoio da Sedepp.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 11h02
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

VENCESLAU FAZ FESTA PARA
COMEMORAR SEU ANIVERSÁRIO

O município de Presidente Venceslau realizou uma serie de comemorações para festejar o transcurso dos seus 83 anos de fundação. A festa tradicionalmente é promovida no dia 02 de Setembro, mas neste ano começou na véspera, isto é no dia 01 de Setembro, com a realização de um grande desfile comemorativo na Praça Nicolino Rondó e Avenida D.Pedro II.

Da mesma forma foi realizada uma Maratona em 02 de Setembro, a I Prova Noturna Pedestre, num percurso de 6.300 metros. Participaram mais de 50 atletas da cidade e região. Foi uma promoção da Secretaria de Esportes e Recreação da Prefeitura Municipal, com os atletas percorrendo as principais ruas da cidade.

A realização dessa prova pedestre noturna fez lembrar um significativo evento que perdurou por muitos anos – até a década de 50 – tendo como organizador o saudoso João Marques de Oliveira, o Joãozinho. Era ele o Organizador da Volta de Presidente Venceslau, uma competição similar à Corrida de São Silvestre, que revelou inúmeros atletas não só de Venceslau, mas de toda a região. Seu percurso era de 12.000 metros.

Na I Prova Pedestre Noturna de 02 de Setembro deste ano, o vencedor foi o representante de Presidente Prudente, Lauro Linhares. No ano de 2010 a competição voltará a ser realizada, certamente com maior número de atletas.


Lauro Linhares, representou Presidente Prudente na I Prova Pedestre Noturna de Presidente Venceslau e venceu a Maratona, classificando-se em 1º lugar. (Foto: Toninho More).



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 10h54
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

 

 

 



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 10h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

PRES. PRUDENTE SEDIOU IMPORTANTE
ETAPA INTER-MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

Durante os últimos dias do mês passado, Presidente Prudente sediou importante etapa da Conferência Nacional de Educação – CONAE - com a participação direta de milhares deProfessores e demais profissionais da área de educação. Ao todo, 53 municípios vieram tomar parte no conclave, debatendo ao mesmo assuntos de suma importância para os novos rumos da educação no Estado de São Paulo. O evento é promovido pelo Ministério da Educação em parceria com a Secretaria Estadual, aqui representada pela Prof.Ondina Gerbasi.

Pelo espaço de dois dias, as dependências da UNOESTE – Campus II – estiveram superlotadas desde as primeiras horas da manhã até altas horas. Planos de desenvolvimento da educação mereceram atenção especial de todos os participantes, sendo as palestras ministradas no transcorrer das horas, pela represente do MEC Iara Bernardi, pelo Secretário da Apeoesp, Fabio Santos de Moraes e outros conferencistas.

Nos momentos finais foi feita uma avaliação da Conferencia em sua etapa inter-municipal, concluindo que este foi um dos maiores acontecimentos dos últimos tempos no setor educacional, com ampla participação de 1.300 educadores. Tudo foi documentado, dando aos participantes direito à palavra, disse Maria Aparecida Fernandes, uma das coordenadoras do evento regional.

Ao nosso blog, a Prof. Ondina Gerbasi (Organizadora da Conferência Inter-municipal) declarou que a CONAE foi excelente. Primeiro por conseguir reunir 53 municípios; e cada um deles trouxe sua contribuição a respeito da educação. Desde a sala de aulas até a pós-graduação nas Universidades. Todos os assuntos foram discutidos e mereceram atenção especial, como: a questão da metodologia, da valorização profissional, do magistério, do transporte escolar e a inclusão social. Enfim, assuntos debatidos com o seguimento da sociedade representada.

A Prof. Ondina, explica: “Nós tivemos desde o pai de aluno, o próprio aluno; e os funcionários das três modalidades de ensino. Da educação básica profissional e também de educação superior, todos estiveram representados e a síntese de tal documento se caracteriza por propostas e inclusões feitas durante o encontro. Essas propostas e inclusões estão sendo encaminhadas ao CONAE Estadual, a ser realizada nos dias 02 e 03 de Outubro em São Paulo.

Quanto ao polêmico assunto do Ensino Religioso, afirma a Prof. Ondina que todos os temas e assuntos pertinentes à educação e melhoria da qualidade de ensino foram debatidos. Além do ensino religioso, também a questão da APAE - bastante preocupante.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 10h49
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

AS PICHAÇÕES VOLTAM A
OCORRER EM PRES. PRUDENTE

Meses atrás trouxemos uma matéria mostrando as pichações a que são vítimas alguns proprietários de prédios situados na área urbana. É um assunto que a maioria encara como uma simples brincadeira uma competição entre jovens e adolescentes. Pois bem, desta vez o antigo prédio da Estação Ferroviária que havia recebido nova pintura, acabou sendo pichado com os gráficos ou ideogramas habituais.

O monumento dedicado aos vereadores, na rotatória da Avenida Manoel Goulart, nas proximidades do Prudenshopping, também foi pichado. E para completar: a briga que está havendo entre a Rede Globo e a Rede Record também deu motivação aos pichadores, que estamparam uma frase de acusação à TV Globo, próximo à OAB. Isto não é novidade, porque no Rio de Janeiro, até a imagem do Cristo Redentor sofreu pichações. Mas a Policia prendeu os pichadores.

Até agora o fato mais pitoresco em Pres. Prudente ocorreu diante do Sindicato dos Trabalhadores Hoteleiros e sede do Lions Clube, à rua Luiz de Queiroz. Alguém, teve a brilhante iniciativa de reservar numa das paredes amplo espaço – em branco – com os dizeres: “Espaço reservado para pixadores”, (com x).

Não demorou muito e o espaço ficou completamente tomado por símbolos e letreiros dos pichadores. E outros provavelmente retardatários, aproveitam outras paredes para deixar suas marcas. O que são pichações? É uma prática que interfere no espaço e muitas vezes desagradam os que são alvos de comentários, donos de paredes brancas, muros, etc.


As pichações voltaram a tomar conta das paredes da antiga estação ferroviária, após a pintura do prédio.


Os autores das pichações, até procuram se identificar mediante assinaturas ou logomarcas


Esta ação de pichadores verificou-se nas proximidades da OAB, ao lado da Sociedade de Medina, Senai e Unesp.


E aqui, amplo espaço reservado para os “pixadores”(com x) que também deixaram suas marcas.


Por falta de espaço no local previamente reservado para as pichações, eles avançar em novas áreas.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 10h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

UM JOVEM MÉDICO DE PRUDENTE
BRILHA COMO ASSISTENTE DO INCOR

Ex-integrante da 9ª. turma de formandos em Medicina pela Unoeste em 2001, o jovem médico Murilo de Oliveira Antunes retornou a Presidente Prudente como convidado especial para falar a uma platéia constituída por milhares de pessoas. A palestra versou sobre “Morte súbita de atleta: fato novo?” e antecedeu à abertura de um dos eventos mais significativos dos últimos tempos, a palestra do Dr. Bactéria.

Dr. Murilo – que é filho do casal Niura e Celso Néspoli Antunes e neto de D.Francisca e Anphilófio de Oliveira – vive longe de sua terra natal há alguns anos. É casado e reside em Socorro/SP, de onde se desloca duas vezes por semana para prestar serviços como Médico assistente colaborador da Unidade Clínica de Miocardiopatias do INCOR-HC-FMUSP. Ao mesmo tempo, procura aperfeiçoar e aprimorar seus conhecimentos através do Doutorado que vem cursando na Universidade de São Paulo.

Na conversa íntima com os amigos de Faculdade, ele lembrou que faz parte de uma família tradicional com dezenas de profissionais de medicina, nas mais diferentes especialidades. Ele particularmente fez especialização em Cardiologia na USP, depois de ter sido convidado para o ingresso no Doutorado, através do Grupo de Miocardiopatias Clínicas. O convite para essa especialização, partiu do Dr.Edmundo Ateaga, um profundo conhecedor do assunto.

Falando sobre o tema que abordou na histórica palestra, frisou que a pesquisa que vem desenvolvendo se baseia na morte súbita entre atletas, um fato natural mas inesperado e não traumático. E citou com maiores detalhes: “O futebol, o basquete e as maratonas são os esportes com maior incidência desse tipo de óbito imprevisível”.

Enquanto se desenvolve a coleta de dados destinados à pesquisa, Dr Murilo de Oliveira Antunes, busca maiores subsídios para sua tese voltada à Cardiomiopatia Hipertrópica, um mal genético que atinge pessoas praticantes de atividades físicas. Logo que concluir o Doutorado, ele pretende dar seguimento à carreira acadêmica. E em seguida, retornar a Presidente Prudente para retomar suas atividades como Professor, profissão que exerceu durante boa parte de sua vida.


Dr. Murilo de Oliveira foi aluno brilhante na Medicina da Unoeste, e continua sua trajetória como uma especialista na área de Cardiologia no INCOR/SP.


Ao retornar à.sua terra natal para proferir palestra, ficou impressionado com o número de Pessoas presentes ao “Auditório Solarium”no Campus II, onde falou à toda platéia.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 10h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

Corpo de Bombeiros conta com nova sede e melhor estrutura

Durante solenidade ocorrida em Presidente Venceslau, o Corpo de Bombeiros inaugurou sua nova sede situada na confluência da Avenida Princesa Isabel com a Rua Bernardino de Campos. O imóvel abrigará conjuntamente o Posto do Corpo de Bombeiros local e também o 2º Sub-Grupamento regional.

O evento fez parte das atividades em comemoração ao 83º aniversário do município.

Oficiais militares e membros da corporação regional estiveram no evento. Presentes também o prefeito Ernane Erbella e o vice-prefeito João Monteiro. O deputado estadual, Major Olimpio,bem como diretores da administração municipal, políticos, autoridades civis e populares prestigiaram o evento, comparecendo à solenidade.

Erguida com recursos provenientes de repasses da municipalidade extraídos da arrecadação do Iptu, através do Febom (Fundo Especial do Bombeiro, criado no ano 2000 pela administração José Catarino), a obra custou R$ 300 mil e levou 18 meses para ser concluída.

Durante o ato, Ernane Erbella ressaltou a importância do novo imóvel para os soldados do fogo. “Hoje entregamos este prédio aos Bombeiros com a infra-estrutura adequada, feita especialmente para tornar ainda mais eficientes os serviços prestados. É importante ressaltar que esta obra contou com a contribuição da população da cidade, através dos repasses do Febom”.

Fato que chamou a atenção durante a solenidade foi o de o novo prédio estar sendo entregue pelo filho do prefeito que iniciou, há 27 anos, os trabalhos que culminaram na implantação do então Grupamento de Incêndio no município, órgão inexistente até o ano de 1982. “Sentimos grande emoção, orgulho e felicidade. Começamos lá atrás um trabalho e hoje vemos nosso filho dando continuidade”, disse o ex-prefeito Incêndio Erbella.

De acordo com dados fornecidos pelo Corpo de Bombeiros de Presidente Venceslau, no ano de 2008 foram atendidas 2006 ocorrências, uma média diária de 5,5. Destas, 1506 foram de resgate, 200 de salvamento e 246 de incêndio.

Comandado pelo 1° Tenente PM João Herinque Papoti, o posto local possui em sua frota quatro viaturas, entre elas uma auto-bomba e uma unidade de resgate. Vinte e três homens atuam na área de abrangência do posto, que inclui, além de Venceslau, as cidades de Marabá Paulista e Piquerobi.

Atuação na comunidade – O Tenente Coronel PM Claudemir Mauro Alcarria, comandante do grupamento regional do Corpo de Bombeiros, observa que o conjunto e a quantidade de ocorrências atendidas pela unidade de Presidente Venceslau demonstram por si só a importância da presença do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo nesta região.

“O grupamento de Venceslau tem grande atuação com a prevenção e diversas palestras que foram ministradas em escolas, sindicatos, paróquias, empresas, penitenciárias e clubes, além de também realizar simulados que foram planejados e executados”, diz, e segue: “Cabe ressaltar ainda, que foram executadas 300 vistorias de projetos prevencionistas em prédios e eventos locais, sem contar com o trabalho preventivo realizado em eventos de grande público, como, por exemplo, a Feira Agropecuária e Industrial de Presidente Venceslau (Faive), que reúne milhares de pessoas”, informa Alcarria.

Para o Comandante, “a proteção da vida, do meio ambiente e do patrimônio” é a missão do Corpo de Bombeiros. A filosofia de ser modelo de excelência nos serviços de bombeiro através da preservação e do atendimento operacional se fundamenta em várias pesquisas que apontam a instituição como aquela em que a população brasileira mais confia. Matéria produzida e enviada ao Blog pelo Jornalista Danlo Bonfim, a quem agradecemos


O Corpo de Bombeiros de Pres. Venceslau recebe sua nova séde. O 1º Tenente PM Papoti se apresenta às autoridades durante o ato solene.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 10h21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

HOTELEIROS TIVERAM SUA
GRANDE FESTA NESTE ANO

Numa promoção realizada por iniciativa do Sindicato dos Trabalhadores no Comercio e Serviços em Geral de Hospedagem, Gastronomia, Alimentos Preparados e Bebidas a Varejo de Presidente Prudente e região, foram eleitos os profissionais de maior destaque do ano. Os trabalhadores hoteleiros – como são conhecidos – tomaram parte nas competições públicas, demonstrando conhecimento, capacidade e dedicação à profissão, sendo por este motivo contemplados com valiosos prêmios.

As primeiras competições do Garçon e Garçonete Cross realizaram-se na Praça de Julho, diante de uma grande platéia, sendo acompanhadas e documentadas pela Imprensa, Rádio e Televisão. O novo presidente que já tomou posse, Jadir Rafael da Silva concedeu diversas entrevistas para falar sobre a classe e principalmente de seus planos como dirigente máximo do Sindicato na região de Presidente Prudente.

A XXIV Festa dos Hoteleiros e Similares teve a participação de aproximadamente 30 candidatos disputando a melhor classificação nas Provas de Cross. Sagrou-se Campeão, John William dos Santos Ferreira (Buffet Eduardo); 2º lugar – Edson Medeiros Aguiar; (Via Gourmet); 3º colocado – Alaércio Pedro Ciupak(Taquino Restaurante); 4º lugar – Robson Luiz Dias (La Bella Pizazaria), de Dracena.

O 5º lugar no Concurso “Garçon Cross” foi conquistado por Everaldo P.Linhares (Pizzaria Nº 1) de Pres.Prudente. Kelly Ribeiro Soares Araújo foi a Garçonete 1ª. colocada (Buffet Restaurante Barão) e a mais elegante, Patrícia Alves de Oliveira (Espetaria Sabor no Espeto). Garçon mais elegante, Edson Gabriel Garcia (Buffet Andréa). Mais idoso: Carlos Fernandes, de 41 anos de idade (Boêmio)e Garçon mais jovem: Lucas Felix Pereira, de 15 anos (Restaurante El Niño).

Além do Concurso Garçon Cross, houve também competições internas de Truco, Sinuca, e na etapa final a grande confraternização no Campus II da Unoeste, onde tomou posse a nova diretoria do Sindicato. Para comemorar, jantar dançante e o Concurso Miss Hoteleira e Miss Hoteleira Veterana, com dezenas de candidatas desfilando na passarela. Autoridades e convidados especiais participaram do evento, que foi prestigiado pelo Presidente da Confederação Nacional do Turismo e Secretário Geral da NCST (Sindical dos Trabalhadores), Moacyr Roberto Tesch Auersvald.

Perante um público calculado em 2 mil pessoas, desfilaram trinta candidatas em disputa dos títulos de Miss Hoteleira e Miss Hoteleira Veterana. A escolha recaiu nas candidatas: Regislaine Souza Machado, do Mc Donald’s, foi proclamada e coroada como Miss Hoteleira 2009 e Reniê Adriana P.Oliveira, do Aruá Hotel, eleita Miss Hoteleira Veterana. Veja fotos, a seguir.


Concurso Garçon e Garçonete Cross na Praça 9 de Julho, o início da grande festa.


Jadir Rafael da Silva, ao lado de outros companheiros.


Aspecto da competição na fase inicial, diante do público presente na Praça 9 de Julho.


O 1º colocado na competição, John William dos Santos Ferreira, do Buffet Eduardo.


A 1ª. colocada no Cross, Kelly Ribeiro Soares Araújo do Buffet Restaurante.Barão.


Na passarela do Salão de Festas do Campus II o desfile das candidatas.


As candidatas classificadas no Concurso Miss Hoteleira e Miss Hoteleira Veterana.


1º lugar no concurso Miss Hoteleira: Regislaine Souza Machado (Mc Donald’s).


1º lugar no concurso Miss Hoteleira Veterana:Reniê Adriana P.Oliveira (Aruá Hotel).


O Pres.do Sindicato, Jadir R. da Silva e o Pres. da Confederação, Moacyr Roberto.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 10h00
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

ALOYSIO NUNES FERREIRA
É “CIDADÃO PRUDENTINO”

Através de um ato da Câmara Municipal de Presidente Prudente, o Secretário da Casa Civil do Governo de São Paulo, Aloysio Nunes Ferreira é o mais novo Cidadão Prudentino. A cerimônia de entrega do título verificou-se no Tênis Clube, com a presença de autoridades, membros da edilidade e convidados especiais. Além do título de Cidadania, Aloysio também foi agraciado pela UNIPONTAL que o considera “Cidadão do Pontal do Paranapanema”.

Representando o Legislativo Municipal e a União dos Municípios do Pontal do Paranapanema, os Srs. Izaque José da Silva e Alberto César Centeio de Araújo, fizeram a entrega dos títulos de honraria, sob aplausos de todos os presentes. O local recebeu grande fluxo de visitantes, tendo se pronunciado diversos oradores.

Além do homenageado, prestigiaram a solenidade os Secretários Rubens Cury e Silvio Aleixo; os Deputados Federais. Talmir Rodrigues, Jorge Maluly e Eleuses Paiva, bem como os Deputados Estaduais, Mauro Bragato, Ed Thomas e Reinaldo Alguz. O Presidente da Associação dos Municípios da Nova Alta Paulista – AMNAP – Osmar Pinato, vários prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos e vereadores da região também compareceram.


Sobre o palco e numa ampla visão, a mesa principal com as homenagens prestadas ao ilustre homem público agraciado com o título de Cidadania em Pres. Prudente.


A platéia que prestigiou o mais novo Cidadão Prudentino e Cidadão do Pontal do Paranapanema, Aloysio Nunes Ferreira.


Após a entrega dos títulos, os cumprimentos pessoais dos principais dirigentes municipais da alta sorocabana e alta paulista, no Tênis Clube de Prudente.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 09h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

INDEPENDÊNCIA PODERIA RETORNAR?

Decorridos alguns meses, desde que entrou em processo de insolvência, o Frigorífico Independência que tem em Presidente Venceslau uma de suas unidades paralisadas há alguns meses não surgiu qualquer noticia sobre o Processo de Recuperação Judicial. Ao lado de suas instalações o que se vê são dezenas de carretas estacionadas, a partir do momento em que foi decretada a paralisação de suas atividades.

Como conseqüência da paralisação dessa unidade de desossa, centenas de trabalhadores foram dispensados e embora tenham recebido o FGTS e direitos trabalhistas, estão no aguardo do possível retorno das atividades industriais do Frigorífico. Pela Internet, buscamos alguma informação positiva; porém, até agora nada apareceu. O que se vê é um designer bem produzido, com belas imagens e textos bem elaborados.

Na verdade, é uma pena que uma Organização desse porte esteja inativa e até quando não se sabe. Visualizando o Site do Independência encontramos alguns itens que se relacionam à Recuperação Judicial em 19 de Maio, que era a data fixada para o retorno dos abates. No mais, amplo histórico do arrojado empreendimento que lamentavelmente está inativo, com catorze unidades paralisadas, vários centros de armazenamento e distribuição, duas fábricas de charque e três curtumes.

O site é bem dinâmico e cita dentre outras coisas, o respeito ao meio ambiente, a proteção ambiental, o florestamento, a coleta seletiva, controle de emissões atmosféricas e conscientização ambiental. Tudo isso, totalmente paralisado em decorrência da situação econômica que enfrenta a Organização, deixando seus credores ainda mais preocupados com a solução do caso.


Quem trafega pela Rodovia Raposo Tavares, observa ao lado do Trevo de Pres. Venceslau essa situação deplorável, em virtude da paralisação do Frigorífico.


São dezena de carretas estacionadas há meses, o que preocupa principalmente os que dependem do trabalho nessa unidade de desossa , a primeira do Estado de São Paulo.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 09h26
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

PRESIDENTE PRUDENTE – CAPITAL REGIONAL

Para conhecer melhor a história de Presidente Prudente, nosso blog recorreu a um historiador: Ronaldo Macedo. Trata-se de um trabalho bem produzido, onde de acordo com os levantamentos que realizou durante longo tempo, representa o que existe de mais atualizado. É um relato precioso, que a atual e as futuras gerações certamente vão utilizar para manifestar o que de belo e grandioso se construiu no decorrer dos anos, enquanto a cidade se prepara para festejar seu centenário de fundação em 2017.

ORIGEM DO NOME: Como as demais cidades novas da região, que se formaram ao longo da linha férrea, Presidente Prudente recebeu também o nome de um dos presidentes da república, homenageando Prudente de Moraes, nome da antiga estação férrea e sugerido pelo filho do presidente, que esteve presente na inauguração do tráfego de trens na região, em 1919.

Outros nomes anteriores teve o município, enquanto distrito de Conceição de Monte Alegre e Campos Novos do Paranapanema. Um deles Vila Goulart, em homenagem a Manoel Goulart, pioneiro e pai do fundador. Posteriormente outras denominações foram adotadas, mas por curto espaço de tempo: Patrimônio do veado, em função da importância do córrego do Veado, que delimitava o pequeno núcleo urbano e era a fonte primeira de abastecimento de água; Patrimônio da Anta, em função da grande quantidade desses animais presente na região, mas motivo de chacota e, por isso, abandonado.

HISTÓRICO DA CIDADE:

Em meados do século XIX, a região que se estendia para oeste do Estado de São Paulo, além de Botucatu, entre os rios Paraná, Paranapanema e Peixe, era ainda pouco conhecida e raramente povoada. A rigor já se conhecia a presença dos índios do grupo dos Guaranis: os Caiuás, os Xavantes e os Caingangs.

O desbravamento do sertão foi feito inicialmente por mineiros, atraídos, depois da decadência das minas, pelas terras de campos apropriadas às suas atividades de criação de bovinos e suínos. A história da região de Presidente Prudente se inicia com o desbravador do sertão do Paranapanema José Teodoro de Souza, que se aproveitou de terras devolutas cobertas por matas nas áreas de terra roxa e por campos para se instalar na região.

Os mineiros chegados à região negociavam suas terras em “aguadas” (terra compreendida entre espigões), porque a água era indispensável à propriedade rural. Servia como pagamento não só dinheiro mas, também, espingardas, malas arreadas, sacas de sal, etc. A corrente migratória de Minas para São Paulo cresceu quando os mineiros fugiram da convocação de tropas para lutar na Guerra do Paraguai. No entanto, com o fim da Guerra, a migração continuou.

As relações com os índios foram, em geral, inamistosas e sangrentas, fazendo a posse da terra custar muita luta e muitas mortes. A disputa por terras, devido a problemas de legitimação, fez surgir os “grileiros”, que, ao invés de ocupar e explorar, passaram a especular com terras abandonadas, com escrituras falsas, registradas em cartórios com a conivência de escrivães.

Em 1893 foi aberto um caminho entre Campos Novos do Paranapanema e o Rio Paraná, para fazer a ligação com o Mato Grosso. Nesse espaço se fez a expansão das plantações de café, produzido para exportação. Os espigões do Planalto Ocidental Paulista valorizaram-se pelas possibilidades de se plantar café nas terras novas.

O avanço do café e a conseqüente ampliação do espaço sob o comando capitalista promoveram a ocupação da região do Extremo Oeste Paulista e seu desenvolvimento. Os grandes latifundiários do café das regiões mais antigas se dirigiram para o Oeste Paulista e adquiriam terras com a finalidade de loteá-las, fazendo com que ao lado do latifúndio cafeeiro se estabelecesse a pequena propriedade rural explorada pelo colono e sua família, no esquema de agricultura de subsistência.

Surgiu o sistema de vendas de terras em forma de loteamento: os proprietários retalhavam suas terras em pequenas propriedades e vendiam os lotes a prazo, para pessoas originárias das zonas velhas do estado, que acumularam recursos como colonos de grandes fazendas de café.

Assim o sertão do Paranapanema foi sendo compartimentado em latifúndios cafeeiros e pequenas propriedades exploradas pelo colono e sua família. Ao mesmo tempo, a ferrovia - Estrada de Ferro Sorocabana - expandiu-se para a região, sendo um importante elemento de infra-estrutura da economia cafeeira, pois significava transporte rápido, seguro e barato do café para os centros maiores. A ferrovia favoreceu a penetração do sertão, os loteamentos, a ocupação e o aproveitamento do solo. Ao longo da linha férrea multiplicaram-se os núcleos urbanos, dentre os quais PRESIDENTE PRUDENTE.

O desenvolvimento de Presidente Prudente também foi orientado pela ferrovia, enquanto esta foi a principal via de circulação de pessoas e mercadorias. A escolha do sítio urbano está ligada ao traçado da Estrada de Ferro Sorocabana, que também seguiu a linha dos espigões.

O café, além de promover a ocupação da região, foi o principal produto agrícola durante as décadas de 1920 e 1930. A busca de solos virgens para o café, a especulação com terras, a colonização pelo loteamento de grandes glebas, a ferrovia resumem as características de povoamento da Alta Sorocabana, pertencente ao Sertão do Paranapanema.

Sobre a origem da cidade, nasceu da reunião de dois núcleos urbanos criados para ampararem as vendas das terras feitas pelos Coronéis Goulart e Marcondes, que foram os responsáveis por sua fundação e sistemática colonização. Nesse momento da história econômica paulista se insere a obra do Cel. Goulart e do Cel. Marcondes, ambos fazendeiros de café e negociantes de terras, que resolveram participar da fortuna que o café propiciava àqueles que se sujeitassem a enfrentar os sertões.

O Cel. Francisco de Paula Goulart era proprietário, juntamente com seus irmãos, por herança paterna, de um vasto latifúndio denominado Fazenda Pirapó-Santo Anastácio. Em 1917 chegou ao local onde se instalaria a primeira estação da Estrada de Ferro Sorocabana, a primeira, localizada em suas terras, e mandou demarcar o território de um núcleo urbano, e ao lado o de uma fazenda que pretendia abrir para plantar café. Nasceu assim a Vila Goulart, em 14 de setembro de 1917. Ao mesmo tempo em que abria a fazenda, Goulart ia vendendo terras de cultura de seu vasto latifúndio aos interessados que chegavam, participando da invasão do café às novas terras.

Além dos lavradores, apareciam outros mais interessados em comprar lotes na Vila, a fim de explorarem o comércio. Com a inauguração do tráfego normal de trens, em 19 de janeiro de 1919, o povoamento foi aumentando tanto na área rural como na urbana.

De forma diversa à de Goulart, o Cel. José Soares Marcondes não era proprietário de terras, mas de uma empresa colonizadora para a venda de terras, a Cia. Marcondes de Colonização, Indústria e Comércio. Obteve opção de venda de vários tratos de terra, sendo um em Montalvão e outro latifúndio fronteiriço à Fazenda Pirapó-Santo Anastácio, separados pela linha férrea.

Desembarcando na estação de Presidente Prudente e, fins de 1919,. Marcondes iniciou a venda de 4.700 alqueires no Montalvão, que foram retalhados em pequenos lotes de 5 a 20 alqueires. Mas não deixou ao acaso a chegada de interessados, organizando uma campanha publicitária em todo o Estado e mesmo no exterior, divulgando a excelência do solo e as oportunidades de enriquecimento. Providenciou junto à Estrada de Ferro Sorocabana o transporte fácil em vagões especiais, vendendo em pouco tempo todos os lotes.

Do outro lado da linha férrea, em frente à Vila Goulart, foi traçada a Vila Marcondes para servir, como a outra, como centro de abastecimento de gêneros e instrumental de trabalho e onde se encontrassem médicos, escola, farmácia e hospital, que serviriam também de atrativo para a fixação dos compradores de terras.

É interessante notar que o núcleo inicial, já repartido pela estrada, ficou dividido em dois setores com destinos diversos e os problemas urbanísticos estão estritamente ligados ao condicionamento geomorfológico, agindo a estrada de ferro como um fator de separação dos dois setores, leste e oeste, do núcleo. Mas, com o crescimento dos dois núcleos urbanos a fusão acabou ocorrendo, criando-se o município, que recebeu o nome da estação ferroviária.

Resumindo, a colonização Goulart caracterizou-se por ser individual, pessoal sem planificação, sem capital senão a própria terra, continuando o espírito pioneiro de José Teodoro. Já a colonização Marcondes tinha caráter empresarial, com maior suporte financeiro, investindo com bem dirigida propaganda para realizar negócios. A rivalidade entre os dois coronéis serviu para impulsionar o povoamento da terra e as diferenças entre os colonizadores fizeram com que isso se tornasse a característica dos dois núcleos urbanos.

A expansão territorial do núcleo urbano se deu em áreas que foram acrescidas localizadas a oeste da Estrada de Ferro Sorocabana, o que pode ser explicado pelo pioneirismo e pela falta de planejamento. Deve-se levar em consideração que a topografia nessa área é mais suave do que a encontrada a leste, e a própria estação de ferro tinha suas portas voltadas para a primeira vila, favorecendo assim a expansão territorial para o oeste.

A Vila Marcondes foi marcada pelas transações imobiliárias realizadas de acordo com a lei. Essa organização empresarial foi refletida nos preços mais elevados, tanto dos lotes rurais como dos lotes urbanos. O Coronel Goulart tinha como objetivo o desenvolvimento e crescimento da cidade de Presidente Prudente e para tanto não mediu esforços na vendas dos lotes, sendo que em 1923 a Vila Goulart já estava toda ocupada, necessitando-se assim de novas áreas para a sua expansão. Para isso a planta desse loteamento foi recolocada ao seu lado, numa espécie de duplicação do plano urbano do núcleo inicial, implantando-se a Vila Nova.

Pelo recenseamento de 1920, o núcleo contava com 846 habitantes e 251 crianças em idade escolar, o que propiciou a instalação de uma agência postal e de uma escola, sendo criado também o distrito policial em 1921. Em outubro desse ano, o núcleo recebeu a visita do presidente do Estado, Washington Luís. Pouco depois, passou-se a exigir a instalação do município, devido ao desenvolvimento econômico e urbano do povoado e pela grande distância da sede municipal mais próxima: Conceição de Monte Alegre.

Ainda em novembro de 1921 foram criados o Distrito de Paz, pela Lei n. 1.798, sendo instalado em 27 de agosto de 1923, abrangendo uma área de cerca de 20.000 km. Presidente Prudente foi alçada à condição de Comarca pela Lei 1.887, de 8 de dezembro de 1922 e instalada em 13 de março de 1923, desmembrando-se de Assis.

A introdução das culturas do algodão e do amendoim provocou mudanças na estrutura das relações trabalhistas da área. O algodão foi introduzido em Presidente Prudente na década de 1920, porém foi apenas na década seguinte que seu cultivo passou a ser representativo, com um aumento significativo na área plantada, à medida que a cultura do café começava a diminuir.

Outros produtos como arroz, milho, feijão e batata se tornaram a base econômica do lavrador que, com sua venda, financiava a lavoura de café, pagava a propriedade e sustentava sua família. O beneficiamento desses produtos era feito nas cidades, o que aumentou o número desses estabelecimentos e consequentemente o crescimento delas.

Na década de 1940 verificou-se que 44,7% das terras aproveitáveis da região constituíram-se de pastagens. O aumento relativo da importância da pecuária na Alta Sorocabana se efetivou quando, sobretudo, se deu o desmatamento de áreas que ainda não estavam em exploração.

Os serviços religiosos prestados pela Igreja Católica foram oficializados com a criação da Paróquia São Sebastião, em 1925, para onde veio o padre José Maria Martinez Sarrion, que exerceu o cargo de pároco até o ano de sua morte, 1951.

Os serviços de fornecimento de energia elétrica à cidade iniciou-se em 1924 pela Companhia Marcondes de Colonização Indústria e Comércio, por meio de uma pequena usina termo-elétrica alimentada por um locomóvel e gerador de 60 kVA, fornecendo energia do anoitecer até as 24 horas.

As atividades industriais ligadas nos primeiros tempos à exploração de madeira, se voltam para a transformação de matérias-primas, principalmente pela oferecida pela criação de gado bovino. O excedente, não consumido no núcleo era todo enviado para São Paulo por via férrea.

Em 1931 havia 17 estabelecimentos industriais, passando esse número para 138 já em 1940, empregando 655 pessoas. Isso vem demonstrar a pequena expressão industrial da cidade, voltada fundamentalmente para a agricultura. O que se desenvolveu em termos de indústria foi para complementar a economia agrícola, enfatizando ainda mais sua predominância.

Ultrapassada a fase cafeeira, por volta de 1940, o algodão e o gado vão solicitar o mesmo tipo de indústria que o café antes utilizara: beneficiamento da produção, isto significando máquina de beneficiar algodão, frigoríficos para as carnes e curtumes para os couros.

Além desse papel de receptador de matérias-primas produzidas na região, Presidente Prudente também passou a exercer a função de mercado abastecedor da área, pois a cidade estava cercada de pequenas propriedades que além de não terem condições de beneficiar seus produtos, também necessitavam de produtos alimentícios, de vestuário e de serviços especializados, como hospitais, escritórios e outros. Dessa forma, os moradores da zona rural vendiam seus produtos na cidade e nela se abasteciam dos gêneros de que necessitavam.

O crescimento da população foi constante. Em 1940, o município somava 12.637 habitantes na área urbana e 57.879 na área rural. Em 1950, a população urbana cresceu para 28.793 habitantes (127% de crescimento) e a rural decresceu para 32.551, isso também em virtude de desmembramentos municipais, como Pirapozinho, Regente Feijó e Álvares Machado.

O limite entre o campo e a cidade deixa de ser visível, podendo-se verificar a existência do rural no meio urbano, como por exemplo a utilização dos cavalos como meio de transporte, a existência de áreas de pastagens junto a bairros residenciais de classe média alta, ou mesmo pelos hábitos, seja das crianças, seja dos adultos.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 09h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




PRES. PRUDENTE E SUAS IMAGENS

Falar sobre os 92 anos de existência de Presidente Prudente como um município-autônomo e Capital Regional é a coisa mais simples do mundo. O Museu Histórico, que funciona num prédio do antigo Matadouro Municipal oferece todos os subsídios aos interessados. Basta pesquisar, o que certamente exigirá boa disposição e alguns dias de dedicação exclusiva. Foi assim que fizemos em matéria especial que figura neste blog.

Porém, decidimos levantar nossos arquivos – com a sugestão do historiador Ronaldo Macedo – e partimos em busca das fotos atuais (outras fotos em cores), ou pelo menos dos nossos tempos de convivência com a cidade através da imprensa, rádio e televisão.

Usando algumas imagens captadas especialmente para o blog “Memórias de um repórter do interior”, trazemos aqui os destaques principais (30 fotografias) referentes à cidade que cresce a todo o momento, em busca de sua projeção no cenário de São Paulo e do Brasil.

Aí estão as imagens que conseguimos reproduzir, demonstrando claramente que Presidente Prudente cresce de forma acelerada, mesmo contrariando alguns dirigentes políticos que pensam apenas em se promover, usando a mídia como alternativa. Daqui a oito anos, estaremos comemorando o 1º Centenário do município.

Depois desta divulgação pela Internet, que certamente alcançará todo o Planeta, vamos avaliar melhor o grau de desenvolvimento que tivemos, desde a data da fundação da cidade. Foi uma efeméride que entrou para a historia: 14 de Setembro de 1917, considerado e consagrado como o “Dia da Santa Cruz”!


Estação ferroviária e Museu Histórico no antigo Matadouro Municipal


Catedral de São Sebastião diante da Praça 9 de Julho e Santuário de V.Marcondes.


Santa Casa de Pres.Prudente completando 80 anos e o antigo Fórum da Comarca.


Obelisco no centro e um monumento diante do Museu, homenagem aos heróis de 32.


Também os ex-combatentes da FEB, homenageados. Ao lado, o antigo Colégio Agrícola.


A chaminé que representou a industria e o ex-prefeito (assassinado) Florivaldo Leal.

 


A UNESP chegou em Presidente Prudente em 1959, e as Faculdades Toledo


Capela do Lar São Rafael e o Balneário da Amizade, com seus Símbolos.


Parabólicas da Global Máster e o Hospital Universitário atual “HR/Estadual”


A Cidade da Criança e o Planetário: duas grandes obras da atualidade.


Sesc/Thermas e Monumento do Parque do Povo, o lazer a disposição do povo.


O Ministério Publico Estadual e o Aeroporto de Presidente Prudente, bom serviços.


O Cristo Redentor e o Prudentão, duas paixões e atrações para sempre.


Calçadão e Catedral dois pontos de atração no Centro de Presidente Prudente.


O centro da cidade visto de perto, e o centro de Presidente Prudente visto de longe.

 



Categoria: Fotos
Escrito por Altino Correia - Repórter às 14h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

O ESTRANHO SOM DO GONGO

Quem viveu a antiga era do rádio, certamente saberá definir o significado atribuído ao som do “Gongo”. Nos cinemas, era peça obrigatória e servia para anunciar que as luzes seriam apagadas, as cortinas se abririam e a projeção cinematográfica estaria começando em seguida. Eram três gongadas de sonorização diferenciada que soariam no apagar das luzes, e terminariam com as primeiras imagens na tela.

Depois disso, a abertura da sessão cinematográfica passou a ter outras funções definidas. O mesmo equipamento foi adotado por algumas emissoras de Rádio, passando a se constituir em atração, como prenúncio em forma de sinal sonoro para anunciar os falecimentos. A primeira gongada era acionada pelo operador de som, de comum acordo com o locutor. E este por sua vez dizia em tom sério, sóbrio e seguro: Nota de Falecimento! A gongada complementava o texto radiofônico.

Esse sinal sonoro era equivalente a uma chamada (Alerta) de Atenção, ou Silêncio, porque em seguida viria o anúncio fúnebre em forma de texto, com o nome completo do falecido, precedido pela referência familiar. E ao concluir a Nota de Falecimento vinha a segunda gongada para confirmar a informação e o nome do morto, ou seja: Noticiamos o falecimento de fulano de tal, com tantos anos de idade....

A Rádio Bandeirantes de São Paulo foi uma das primeiras a adotar o gongo por muito tempo para noticiar falecimentos. Na maioria das vezes acrescentava ao texto um agradecimento com a expressão: “A família enlutada, agradece penhoradamente e pede que não sejam enviadas coroas, nem flores”.

Isto me fez lembrar que há poucos anos ao falecer um importante empresário da região, fiquei impressionado com a quantidade de coroas e flores que lhe foram enviadas. Lotaram todas as dependências da Câmara Municipal, onde o corpo foi velado.

As flores sobrepostas às respectivas coroas cobriam todas as paredes; e também os corredores e até a frente do edifício onde se deu o velório. Por isso, resolvi contar as coroas que haviam chegado ao local e estavam expostas, aguardando o cortejo.

Para minha surpresa, duas horas antes da saída do féretro já se aproximavam de duzentas. Depois, fiquei sabendo que foram necessários três caminhões para conduzí-las até o Cemitério Municipal, onde o corpo foi sepultado com todas as honras.

Em Presidente Venceslau durante muitos nos o gongo foi utilizado pela ZYH-7 para noticiar falecimentos. Os cinemas de Presidente Prudente e até o Cine Bandeirantes de Venceslau também tinham o seu gongo para a abertura das sessões cinematográficas. Era uma peça eletrônica muita valiosa, que emitia três sons diferentes num cano tubular, acionados manualmente pelo técnico de som. Através de uma pequena alavanca o operador equacionava o volume a fim de proporcionar uma bela sonorização.

Anteriormente, algumas emissoras da região também o haviam adotado, tornando-se peça obrigatória em todos os estúdios de radiofonia em Amplitude Modulada – A,M. Na época eram poucas as FMs, e assim mesmo, somente nas Capitais. Mas com o passar dos tempos, essa peça eletrônica perdeu totalmente sua importância, tornando-se até desconhecidas das novas gerações, inclusive dos radialistas.

Nos programas de Rádio e Televisão, alguns produtores tiveram a oportunidade de utilizar o gongo com outra finalidade: gongar os candidatos que se apresentavam nos shows de calouros. Muitos cantores e instrumentistas enfrentaram o gongo durante as competições e tinham maior medo de ser “gongado” do que perder para os concorrentes.

Os bons calouros tiveram êxito, evitando o constrangimento da gongada. Mas os demais não tiveram a mesma sorte: voltaram para a casa com a “orelha ardendo” pelo efeito sonoro do gongo. Estes, com toda certeza jamais esqueceram daquele triste episódio.



Categoria: Memórias de um Repórter
Escrito por Altino Correia - Repórter às 13h09
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
Altino Correia, jornalista. Mais de 50 anos de atividades profissionais em Rádio, Jornal e TV. Ex-correspondente do Estadão, Folha, JB e O Globo (freelancer).


Menu
  Todas as Categorias
  Memórias de um Repórter
  Notícias
  Informes
  Fotos
Histórico
    Manutenção do Blog
    por André Fogaroli

    contato:
    cel: (18) 9712-4284
    email: andre.tec.informatica@uol.com.br
    Votação
      Dê uma nota para meu blog