MEMÓRIAS DE UM REPÓRTER (DO INTERIOR)


 
 

PRESIDENTE PRUDENTE: PROGRESSO
E DESENVOLVIMENTO EM EVIDÊNCIA

A cidade de Presidente Prudente vem registrando uma fase de desenvolvimento de maior evidência no decorrer dos últimos anos. A ajuda governamental através do PAC e a liberação de recursos destinados à inúmeras obras vem fazendo com que a população passe a acreditar cada vez no seu progresso e desenvolvimento. Tudo em função da administração pública, das mais arrojadas. Resultado: cresce de forma ordenada, atraindo novos e importantes investimentos que a colocam em posição privilegiada: é a 6ª. melhor cidade do Estado de São Paulo para se viver.

A Wikipédia classifica o município de Presidente Prudente como o 29º no ranking dos mais promissores do País - dentre 5.560 que tiveram avaliação oficial – como os mais promissores para se construir a carreira profissional. Da mesma forma, a Revista Você S/A Destaca Presidente Prudente como a 49ª. cidade brasileira para melhor se trabalhar. Os dados coletados e atualizados são os mais promissores.

Capital Regional do Oeste Paulista, Presidente Prudente tem o maior centro médico, o maior e mais complexo sistema educacional, o maior centro comercial e industrial, a maior concentração de grandes unidades de atendimento público em diversas áreas: federal, estadual e municipal. Os setores políticos, econômicos e sociais estão sempre em evidência, com visitas, palestras e eventos que marcam o dia a dia de uma grande cidade.

A população de Presidente Prudente em 2009 – segundo o IBGE – foi calculada em 207.725 habitantes. Porém, nos dias atuais enquanto se aguarda um novo censo demográfico, admite-se a existência superior a 210.000, não incluindo a população flutuante representada em sua maioria por estudantes, em torno de 50.000 pessoas. Nessa área existem (ainda de acordo com a Wikipédia), três Universidades (FCT/UNESP); UNOESTE e UNIESP. Juntam-se as Faculdades Toledo; Sesi, Senai e Fatec com um total de 80.000 alunos,distribuídos em 110 cursos de graduação e pós-graduação, além dos cursos de educação à distância.

A UNESP – campus de Presidente Prudente – a mais antiga instituição de ensino com 50 anos de existência - após implantar aqui sua Faculdade de Filosofia - e posteriormente o Instituto de Planejamento e Estudos Ambientais e mais recentemente, a Faculdade de Ciências e Tecnologia, contribui com sua importante participação. Seu orçamento em 2010 é de R$3.099.000,00, mantendo 214 professores, 2.994 alunos de graduação, 316 de pós graduação (strito sensu) e 202 de pós-graduação (lato sensu).

Os cursos ministrados pela FCT/UNESP são os seguintes: 1 – Arquitetura e Urbanismo; 2 - Ciência da Computação; 3 – Educação Física; 4 – Engenharia Ambiental; 5 – Engenharia Cartográfica; 6 – Estatística; 7 – Física; 8 – Fisioterapia; 9 – Geografia; 10 – Matemática; 11 – Pedagogia; 12 – Química. Nos serviços à comunidade, destacam-se: 120 Projeto de extensão universitária no Centro de Estudos e de Atendimento em Fisioterapia e Reabilitação do SUS.

O atendimento na área de saúde em Presidente Prudente se faz em todas as especializações. São 91 estabelecimentos de saúde e 47 a disposição do Sistema Único de Saúde, SUS, com 1.294 leitos e 71 destinados à internação. Leitos privados: 1.223 e de internação (SUS), 978. São 15 Hospitais, Clínicas Especializadas e particulares e 20 unidades do Serviço de Saúde, instalados na cidade.

A Santa Casa de Misericórdia e o Hospital Regional de Base (antigo HU), são os maiores - e conseqüentemente – os Centros Médicos que reúnem o maior contingente de profissionais de medicina e pacientes provenientes de toda a região e até de outros Estados. Somam-se a isso, inúmeros Hospitais de iniciativa particular e mais: o Hospital Estadual e agora, Assistência Médica Especial (AME) por parte do Governo Estadual.

Com três companhias aéreas (Gol, Pantanal e Passaredo), operando na rota Prudente-São Paulo-Cuiabá, Prudente-Marília-São Paulo e vice-versa, o movimento aeroportuário registrou no 2º semestre do ano passado, um número impressionante de embarques e desembarques. De julho a Dezembro, 38.255 embarques e 32.570 desembarques. E,m 2010, de Janeiro a Março, 18.804 embarques de passageiros e 18.486 desembarques no Aeroporto Estadual de Presidente Prudente.

A cidade conta com aproximadamente 70.000 automóveis; 28.627 motocicletas, ciclo motos e motociclos; 11.063 caminhonetes e camionetas; 4.562 caminhões e caminhões-tratores,4.960 reboques e semi-reboques,405 triciclos e utilitários, e 1.101 ônibus e micro-ônibus, totalizando 120.479 unidades. O número de eleitores no município de Presidente Prudente vai além de 150.000. Nas últimas eleições de 2008 estavam inscritos 144.010 eleitores. O prefeito eleito, Milton Carlos de Mello – Tupã – recebeu a maior votação, sendo eleito com 62.501 votos.


Esta é uma visão geral da cidade de Presidente Prudente. As fotos desta edição nos foram cedidas pela Faculdade de Ciências e Tecnologia, da Unesp.


O campus universitário da FCT/UNEP é evidenciado nestes dois flagrantes aéreos que mostram uma das áreas mais valorizadas da cidade, onde podem ser visualizadas as últimas edificações recebidas.


Neste outro ângulo é possível observar o crescimento da cidade, avançado em novas áreas até os limites com o município vizinho de Álvares Machado.

Todos os acontecimentos de maior expressão regional são focalizados pelo TWITTER. Para se atualizar, basta clicar: www.twitter.com/altinocorreia



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 13h10
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

BRASÍLIA, 50: MONUMENTAL, ATRAENTE,
MAS UMA CIDADE CADA VEZ MAIS CARA

O altar para a missa do cinqüentenário está pronto desde a semana passada, na Esplanada dos Ministérios. Moderno, nem de longe faz lembrar o local de celebração da primeira missa no velho cruzeiro, próximo ao Mausoléu JK. O ato deste 21 de Abril será no gramado, com um palco gigante – tem mais de 30 metros de extensão – e coberto. Já o Palácio do Planalto, passando por sua primeira grande reforma desde a sua construção, permanece em obras.

O presidente Lula e sua equipe despacham desde 2009 no Centro Cultural Banco do Brasil. Também não está pronta a nova Estação Rodoviária, em formato redondo, próxima à estação do metrô Park Shopping. A antiga Rodoferroviária morre de falência múltipla de órgãos: não há mais espaço para ônibus e pessoas. Trem, ali, só de carga.

Com cerca de 2,3 milhões de habitantes, Brasília e suas ex-satélites festejam nesta quarta-feira a inauguração feita pelo presidente da República Juscelino Kubitschek de Oliveira, em 21 de abril de 1960, misturando na Praça dos Três Poderes candangos (trabalhadores nas obras), autoridades nacionais e internacionais.

Pode até ser uma festa sem graça para aqueles impedidos de participar, caso do ex-governador José Roberto Arruda (ex-DEM), que saiu da prisão e pretende manter distância da ebulição sucessória no DF e no País. Não tem muita graça também para quem enfrenta a alta no custo de vida. Aluguéis, imóveis, alimentos e transporte praticamente aniquilam os sonhos dos assalariados das classes C e D por aqui.

Produto Interno Produto (PIB) de R$ 100 bilhões é tudo? Depende da interpretação. Próximo ao Plano Piloto, asseguro-lhes que não se aluga um imóvel razoável, com pelo menos três quartos, copa, cozinha, dois banheiros e uma garagem, por menos de R$ 1 mil. Moro no Guará a 20 minutos e pago R$ 1.300, mais IPTU anual e seguro contra incêndio.

A mais recente pesquisa Índice de Custo de Vida, do Departamento de Economia da Universidade Católica de Brasília, mostra que o preço da cesta básica de 54 itens no DF subiu 0,87% em março deste ano, em comparação com abril de 2008. Já o índice de inflação média cresceu 3,50% no mês passado, em comparação com o mês de fevereiro.

Plano Piloto, Taguatinga, Ceilândia e Guará são as regiões com grande número de habitantes e considerável poder aquisitivo. Mesmo assim...

Em março, a região de Ceilândia registrou o maior índice de inflação entre as cidades pesquisadas, com crescimento de 5,85% no preço da cesta básica, em comparação com o mês de fevereiro. As regiões do Plano Piloto e Taguatinga registraram altas de 11,87% e 13,80%,

Da Estação Central do Metrô, na Rodoviária Central de Brasília, por R$ 3 o bilhete, é possível conhecer Taguatinga, Samambaia Sul e Ceilândia. É um ótimo programa para os visitantes que também encontram aqui o Mausoléu JK, o Jardim Botânico, o Parque Nacional, a Torre de TV construída com aço de Volta Redonda, e o Parque da Cidade, entre outras atrações.

Modernização e alto consumo, sempre em alta

A cidade-sede do Poder, visitada em 1963 por uma comitiva de jornalistas de Presidente Prudente (entre os quais, Altino Correia, Adelmo Vanalli, Camel Farah, Jaime Cunha, José Alves da Silva (Zequinha), Rafael de Lala, Mitsuo Marubayashi, Sílvio Roncador e Mário Peretti), cresceu e modernizou-se ainda mais. O falecido Sílvio trabalhou muitos anos na sucursal brasiliense da Folha de S.Paulo.

Um milhão e 200 mil automóveis, 2,2 para cada habitante. O trânsito começa a dar trabalho igual ao de outras cidades sem as avenidas e eixos largos iguais aos de Brasília. Há dez anos, antigos projetos do arquiteto Oscar Niemeyer saíram da prancheta para ocupar espaços no canteiro de obras na Esplanada dos Ministérios. Coube ao ex-governador Joaquim Domingos Roriz (ex-PMDB, hoje no PSC) construir a Biblioteca Nacional e o Museu Nacional, que são bem visitados.

A cidade e suas vizinhas possuem 190 mil servidores públicos com renda polpuda. Com tanto dinheiro, Brasília é apontada como a terceira capital com maior potencial de consumo no Brasil, segundo pesquisa da Consultoria Geografia de Mercado. O setor de comércio e serviços responde, anualmente, por cerca de R$ 16 bilhões na economia local.

Ao redor de Brasília, cumpre-se uma previsão feita desde a chegada de JK, Lúcio Costa e Oscar Niemeyer, ainda nos anos 1950: o plantio de soja, milho, feijão e muitas hortaliças provocou a expansão agrícola que teve seu auge na década de 1970, com a redescoberta do Cerrado. Quem lembra essa situação é a especialista em meio ambiente Anete Garcia Fiúza, da consultoria Bioencon. “Brasília foi fundamental para levar desenvolvimento a toda essa região”.

E vai mais longe: ao visitar o Projeto Pipiripau, em Planaltina, percebi que pimentões vermelho, verde e amarelo, pepinos e hortaliças em geral apoiados pela Embrapa e pela Emater, já chegam a Manaus (AM) de caminhão. Do mesmo jeito que fez e faz, há quase 40 anos, o empresário prudentino Takigawa, o “rei da verdura no Acre e em Rondônia”, abastecendo toda a BR-364, rumo a Cuiabá, Vilhena, Porto Velho, Rio Branco, Sena Madureira e, futuramente, Cruzeiro do Sul, no Acre.

Livro mostra JK, gênio e louco

O jornalista Etevaldo Dias, dono da Santa Fé Idéias, selecionou as 60 reportagens de maior destaque na história de Brasília e editou um livro de 144 páginas. Chama-se Do concreto ao papel — o nascimento de Brasília na imprensa mundial. Tem tudo para ser o maior sucesso da festa cinqüentona.

“Com a proximidade do grande dia, dezenas de jornais internacionais destacaram a atitude do presidente JK em erguer a nova capital do Brasil em pouco mais de quatro anos. Alguns o trataram como corajoso e determinado. Outros o taxaram de louco. De uma forma ou de outra, a cidade que tomou forma em meio ao cerrado ganhou destaque nos grandes jornais do planeta”, ele assinala.

Dias pesquisou em arquivos públicos nacionais e na British Library, em Londres (Inglaterra). Os exemplares serão lançados na véspera do aniversário e distribuídos em escolas e bibliotecas públicas e aos chefes de estado do mundo.

Além do planejamento da cidade, os traços do urbanista Lucio Costa e do arquiteto Oscar Niemeyer chamaram a atenção dos estrangeiros. O jornal inglês The Times, por exemplo, deu destaque a algumas fotos em vez de produzir um texto corrido. Outros impressos publicaram o mapa de Brasília com a distribuição dos bairros da cidade — a rodoviária e o centro político no corpo do avião e as asas Norte e Sul tomadas por prédios de apartamentos.

“É legal ver como os outros países enxergaram a construção de Brasília e o Brasil naquela época. É emocionante”, disse a coordenadora do projeto, Flávia Gomes.

Durante a pesquisa, foram encontrados 150 jornais que citaram a inauguração de Brasília de alguma forma. Os coordenadores do projeto ainda procuraram exemplares da Rússia e da China. À época, porém, os dois países comunistas não tinham relações diplomáticas com o Brasil e ignoraram o fato. Etevaldo Dias acredita que muito da história de Brasília esteja espalhada pelo país.

E, por isso, defende a unificação das informações em livros como este. “Foi difícil capturar informações dos primeiros 50 anos. Como serão os próximos 50, então? Brasília precisa de um trabalho sério para guardar a própria história”, diz o autor.

Ele entregou o projeto para o Governo do Distrito Federal, concedendo-lhe os direitos autorais do trabalho. Dessa forma, o governo poderá reproduzir as obras e utilizar o conteúdo da forma que desejar.

Um luxo no alto, sem esgotos embaixo

Quem visita Arniqueiras e Águas Claras, onde também se chega de metrô, vai se sentir numa cidade diferente daquela monumental Brasília dos cartões postais. Os arredores tem jeito, cheiro e hábitos das grandes cidades de São Paulo, Minas Gerais e do Paraná. Só que os prédios altos, vendidos em páginas de imobiliárias nos jornais, contrastam com o chão asfaltado das ruas, incrivelmente, sem esgotos (!). Há esgotos nos prédios, claro, mas ainda estão em falta nas ruas. Quando chove...

Pequeno retrato: o novo Shopping Iguatemi tem faturamento previsto para R$ 250 milhões no primeiro ano de faturamento. Carlos Jereissatti Filho, presidente do grupo, diz esperar que a unidade de Brasília seja uma das três mais lucrativas do grupo.

Quer conhecer mais esta faceta de Brasília? Venha cá. Os indicadores econômicos, por sua vez, se distanciam da realidade brasileira. Com 2,3 milhões de habitantes, a cidade possui o maior PIB per capita do País: R$ 40.696, quase três vezes mais que a média nacional e muito além de cidades como São Paulo (com R$ 22.667) e Rio de Janeiro (R$ 19.245).

O responsável por isso é a renda que vem do governo. No Judiciário, a média salarial é de R$ 15,5 mil, no Legislativo, de R$ 13,5 mil, e no Executivo, de R$ 4,5 mil. Além disso, há cerca de 200 embaixadas, consulados e órgãos multilaterais com representação na capital.

Com tanto dinheiro nas mãos da população, a cidade é apontada como a terceira capital com maior potencial de consumo no Brasil, segundo pesquisa da Consultoria Geografia de Mercado. O setor de comércio e serviços responde, anualmente, por um giro de R$ 16 bilhões na economia local.

O metro quadrado mais caro do País

Noroeste, o novo bairro em construção no extremo à esquerda da Asa Norte do Plano Piloto tem o metro quadrado mais caro do Brasil: cerca de R$ 18 mil em alguns terrenos. O Noroeste ainda se arranha nos corredores do Poder Judiciário, pois está assentado sobre terra indígena. Por ele brigam empresários e antropólogos que defendem o direito dos nativos.

Em Águas Claras, bairro voltado para a classe média a 20 quilômetros do centro de Brasília e que também está em construção, há 120 prédios de até 30 andares que destoam do horizonte plano da capital. Ali, o metro quadrado está avaliado em R$ 3 mil, mas há apartamentos que ultrapassam facilmente a casa dos R$ 500 mil.

Por isso, não se espante o visitante que aqui chegar em 2010. A renda é concentrada, o luxo também. E temos ainda áreas faveladas. Apesar de tudo, a oferta de serviços públicos é boa: 99,4% da população têm acesso a água encanada e esgoto tratado e 92% das residências possuem energia elétrica, além de 80% das áreas públicas serem iluminadas.

(Montezuma Cruz, em Brasília desde 1998, com incursões no Paraná e na Amazônia/Especial para o blog Memórias de Um Repórter de Interior)


A Catedral e Brasília


Ministérios


Congresso


Água Mineral e Águas Claras


O amanhecer e o anoitecer


Avenidas e o Transito


Conjunto Nacional e o Metro


Rodoviária


Planalto e Taguatinga



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 13h05
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

BRASÍLIA,QUE EU CONHECÍ NOS
PRIMEIROS ANOS DA DÉCADA 60

 

Brasília centralizava as atenções do país. Era a “Capital da Esperança” que Juscelino Kubitschek de Oliveira – JK – havia inaugurado há pouco tempo. Jânio Quadros (JQ) teve uma vitória esmagadora nas urnas, mas na sucessão de JK permaneceu apenas sete meses, renunciando ao cargo devido às pressões internas e externas que ele classificou como “forças ocultas”. Em seu lugar, assumiu o vice-presidente eleito, João Belchior Marques Goulart, o Jango (JG). As comunicações eram as mais difíceis. Mas Brasília estava lá, no Planalto Central, no coração do Brasil.

Na região de Presidente Prudente os primeiros movimentos sociais liderados pelo Sindicalismo, davam seus primeiros passos, assim como Brasília começava a engatinhar. A desapropriação da Fazenda Rebojo pela SUPRA - Superintendência de Reforma Agrária - para fins de reforma agrária era o primeiro sinal de que o novo Governo Parlamentarista – e posteriormente Presidencialista de JG - queria demonstrar sua força junto às bases populares. Esse projeto inaugurado no 1º. Governo da era militar (embora modelo para o Brasil), redundou em fracasso. Tancredo Neves foi um dos primeiros Ministros do Parlamentarismo de Jango Goulart.

Um Assessor da Presidência da República – de família tradicional de Presidente Prudente – decidiu mostrar essa força através das lideranças sindicais, da imprensa e Rádio, porque Televisão ainda não existia no extremo-oeste paulista. E recorreu à representação da Alta Sorocabana, convidando para um encontro pessoal com o Presidente do Congresso Nacional, Senador Auro Moura Andrade e o Chefe do Governo, o Presidente João Goulart.

Com a intermediação desse Assessor Especial (José Carlos Fernandes, de saudosa memória), foi colocado à disposição de todos os convidados, um AVRO Presidencial, que decolou do Aeroporto de Presidente Prudente com destino à Brasília. Nem é preciso dizer que a acolhida foi estupenda! Hospedagem no Hotel Nacional, almoço e jantar no Salão Vermelho do Hotel e outros locais especialmente reservados, além de passeios, visitas a todos os setores governamentais. Por fim, audiência especialmente concedida pela Presidência da República, no Palácio do Planalto, com transmissão “ao vivo” pela Agência Nacional.

Nessa caravana, a presença das principais representações sindicais de Assis a Presidente Epitácio. E a imprensa da época, constituída por jornalistas e radialistas – os mais consagrados – com viagem de ida e volta pelo AVRO-Presidencial, hospedagem e todas as despesas pagas. Daqueles que ainda permanecem em atividades, eu (Altino Correia) me encontro, juntamente com Adelmo Vanalli, Mário Peretti, Geraldo Soller, Rafael de Lala, Elson Longo,Toninho Depieri e outros. A viagem foi uma verdadeira odisséia. Mas o governo populista de João Goulart, que num momento de pressão e de crise buscou sustentação nos Sindicatos, teve curta duração.

O golpe militar de 31 de Março de 1964 decretou o fim do regime populista de J.G. ao ter seu nome excluído do comando geral da nação, com a declaração pelo Congresso de vacância de cargo. Ante a deposição de Jango, assumiu o novo governo nomeado por uma Junta Militar o Marechal Humberto de Alencar Castello Branco. E Brasília, que muitos viram nascer em 1960 está lá até hoje no mesmo lugar, no Planalto Central, em pleno coração do Brasil.


A caravana de Prudente viajou até Brasília, como convidada especial da Presidência da República.


Aqui se hospedou durante todo o período. Na época, o Hotel mais luxuoso de Brasília.


Anos depois, retornamos em companhia de Barbosa da Silveira para rever a nova capital que surgia.


Nossa caravana conheceu a Catedral de Brasília e foi muito bem recebida pelo Arcebispo D.José Newton de Almeida.


Por fim, no Palácio do Planalto a recepção e audiência especial com o Presidente da época, João Goulart.

 



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 12h56
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

EX-GOVERNADOR E PRESIDENTE
DA FAESP RETORNAM A PRUDENTE

No último dia 19 de Abril, esteve em Presidente Prudente o ex- governador Geraldo Alkmim, fazendo-se acompanhar do Presidente Federação da Agricultura do Estado de São Paulo, Fábio Meirelles e outras personalidades. Ambos foram recepcionados no Aeroporto Estadual Adhemar de Barros, tendo a frente as principais lideranças dos Sindicatos Rurais de Presidente e outras regiões.

Dr. Fábio Meirelles dirigiu-se diretamente à sede do Sindicato Rural de Presidente Prudente, onde foi saudado pelo Engº.Agrônomo Jacob Tosello Jr. em nome da classe agropecuária e de todos os dirigentes dos Sindicatos, ali representados.

As palavras de Tosello foram de agradecimento pela presença e pelo apoio de todos que compareceram.Após a reunião, foi realizado almoço de confraternização. Daí, todos se dirigiram até Santo Expedito, a fim de participar da Festa do Padroeiro.

Em seu pronunciamento, Meirelles ressaltou que o Brasil cresceu porque houve ordenamento, mas precisamos estar unidos e consolidar nossa economia. Se temos vocação, o estado tem que fazer sua parte. Todos somos independentes e a liberdade é o maior dom que Deus nos deu. E aproveitou para alertar que a próxima escolha dos novos dirigentes políticos deve ser feita com muito critério, elegendo preferencialmente os que se comprometem em trabalhar pelos interesses da classe rural produtiva.

Lembrou o orador que precisamos fazer com que todo e qualquer levantamento de produção deve ser feito não só internamente, mas também estabelecendo preços justos.O Sindicato é a casa do produtor que tem atualmente 240 unidades centralizadas e 330 setores de base.É a verdadeira faculdade que presta serviços e proporciona condições de trabalho digno da história brasileira.

Por que negar o agronegócio e a cadeia produtiva que geram novos serviços? O importante é que as exportações saíram e continuam saindo às toneladas. O interesse da agricultura é global; tem 43 milhões de brasileiros e é a força da agricultura em São Paulo – concluiu Fábio Meirelles.


A recepção no Aeroporto Estadual de Presidente Prudente reuniu os principais dirigentes dos Sindicatos Rurais da região.


Na sede do Sindicato Rural de Pres. Prudente, o Dr. Fábio Meirelles foi saudado em nome dos associados pelo Engº Agrº Jacob Tosello Jr.


Representantes de vários Sindicatos Rurais prestigiaram o evento que Reuniu produtores e lideranças regionais da agropecuária.


Por fim, participou de um almoço de confraternização dos produtores rurais, tendo ao lado o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alkmin.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 12h45
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

PALESTRA DE. ALCIONE FALCO NA
SOCIEDADE DOS LIVRES PENSADORES

Todos os meses, a Sociedade dos Livres Pensadores de Presidente Prudente, reúne seus integrantes e seguidores para promover palestras com convidados especiais. Os temas – escolhidos por antecipação - são sempre diferenciados; mas abordam com muita propriedade os assuntos de maior expressão no tocante aos problemas de vida, comportamento e saúde humana.

A platéia muda de acordo com o tema a ser enfocado, predominando a freqüência feminina em maior número, embora muitos homens tenham participação direta tanto na preparação das assembléias como no acompanhamento das palestras que ocorrem sistematicamente todos os meses. É só marcar no calendário: 4º sábado, a partir das 16h00.

A psicóloga Alcione Condeloro Falco foi uma das participantes que levou até hoje maior público para assistir sua palestra numa das dependências da FCT/UNESP – Campus de Presidente Prudente. Auto-estima foi o tema por ela abordado na palestra de 27 de Fevereiro deste ano. E começa com auto-ajuda que se desenvolve em cinco áreas: Corporal, Afetiva, Conjuntiva, Social e Laborativa.

Alcione explica que a auto-estima adequada é quando se tem referências positivas, com potencialização. É importante o olhar do outro, sem se desestruturar. Até a adolescência – diz ela – a auto-estima se forma de dentro para fora. Quando se fecha o ciclo da auto-estima o que se vê é o egoísmo.

Existe uma confusão entre “existir” e “agredir”, que são extremos opostos. Quanto mais potencializar a auto-estima a pessoa tem mais valor. Potencializar é trabalho para a vida inteira, uma questão espiritual ou transcedental, enfatiza a palestrante. Se tem débito na área corporal, rastrei-se! Na área social, aceite os convites.

Num gráfico de transformação, observa-se o Pensamento, Sentimento e Ação, saudável ou patológica e a Conscientização para clarear uma área externa. Se me conscientizei – diz Alcione – vou para uma área saudável. Quando automatizar o saudável, vem a transformação positiva. O caminho efetivo é a transformação.

Como forma de orientação pedagógica, Alcione Falco escreveu: auto-estima é um termo muito utilizado entre as pessoas. É comum dizer: Minha auto-estima está alta!!!, ou “Nossa, você está com a auto-estima baixa ultimamente”, ou ainda: Precisamos aumentar a auto-estima do grupo!”, etc. Pode-se definir auto-estima como o sentimento de apreço, consideração e valor que a pessoa tem em relação a si mesma.

Segundo a psicóloga, o processo de socialização se inicia nas relações de dependência dos pais, caminhando para uma independência e autonomia relativa, pois sempre se precisa do outro, das experiências em grupos para um desenvolvimento psicossocial saudável. É importante ajudar os filhos a desenvolver individualidade e sociabilidade, levando em conta suas necessidades; bem como as do grupo. O que é diferente do individualismo e do egoísmo - comuns na vida moderna - em que os interesses pessoais muitas vezes se sobrepõem excessivamente aos sociais.


A psicóloga Alcione Falco é anunciada pelo atual Presidente da Sociedade dos Livres Pensadores, Prof. Dr. Messias Meneguette Jr.


Uma seleta platéia lotou as dependências da FCT/UNESP p/ ouvir a palestra da convidada do mês, Dra. Alcione Candeloro Falco.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 12h33
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

ASSUME O NOVO PRESIDENTE DO STF
E COM ELE, DR. FLORIDO MARCONDES

Neste final de semana, assumiu a Presidência do Supremo Tribunal Federal em Brasília, o Ministro Antonio Cezar Peluso – nomeado pelo Presidente Lula em 10 de Março – em substituição ao então Ministro Gilmar Mendes pelo espaço de dois anos. E fazendo parte do gabinete do novo Presidente do STF, foi nomeado Juiz Auxiliar o Dr. Fernando Florido Marcondes, que por mais de dezoito anos teve atuação destacada e respeitável na Comarca e região de Presidente Prudente, como Magistrado e Diretor do Fórum.

Dr. Marcondes que nasceu em São Paulo e conta 50 anos de idade, continua residindo nesta cidade juntamente com sua família. No inicio da semana ele se desloca para Brasília, onde vem prestando serviços na Capital da República desde sua nomeação em 10 de Março. Graduado em Direito pelas Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU), fez especialização em Processo Penal na Universidade de El Salvador (UES), na Argentina. Em 2002 concluiu o Mestrado na área pela Pontifícia Universidade Católica – PUC - de São Paulo.

A nomeação do Dr. Fernando Florido Marcondes foi publicada pelo Diário Oficial da União, ao ser eleito o 54º Presidente do STF, o Ministro Antonio Cezar Peluso. Coincidentemente, Dr. Marcondes trabalhou como Auxiliar de Peluso, quando este era Presidente da Escola Paulista de Magistratura. Foi em 1992 que ele começou a atuar na área de Presidente Prudente, assumindo a Comarca dois anos depois. Foi Diretor do Fórum entre 2003 e 2008. Atuou também como Juiz da Vara Distrital de Pirapozinho.

Para o Juiz Assistente do gabinete da Presidência do Supremo Tribunal de Justiça – STF – a missão representa um novo desafio. Sua principal atribuição será a de auxiliar nas pautas dos projetos; acompanhar o Presidente nas viagens ao exterior; dando-lhe assessoria e suporte, dentre outras atividades. “Estou na expectativa para exercer essa grande e importante responsabilidade” – declarou o Dr. Fernando Florido Marcondes.

O prefeito de Presidente Prudente, Milton Carlos de Mello enviou ofício de congratulações, cumprimentando-os pela alta investidura e pela nova missão que acabam de assumir perante a nação.


Depois de uma atuação destacada em Presidente Prudente por mais de 18 anos, o Dr. Fernando Florido Marcondes se transfere para Brasília, como Juiz Auxiliar do gabinete do Ministro Peluso no STF.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 10h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

FAMOSO FISIOTERAPEUTA DE
PRUDENTE É CELEBRIDADE MUNDIAL

Tendo nascido e vivido a maior parte de sua infância e adolescência em Presidente Prudente, retornou à cidade para uma palestra o jovem e famoso fisioterapeuta Afonso Shiguemi Inoue Salgado. Diante de uma platéia seleta que superlotou a sala de eventos do Hotel Portal D’Oeste, ele deu um verdadeiro show, que cada um pagou através da doação de um quilo de alimento não perecível destinado a uma campanha benemérita.

Afonso Salgado é mestre pela UNESP de Botucatu. Formado em Fisioterapia pela UEL de Londrina/PR e ex-residente da Universidade de Medicina de Lyon e Hospital Delemont (Suíça). É pós-graduado pela Confederação Francesa de Fisioterapia Desportiva; Mestre em Cirurgia Experimental pela Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista – Campus de Botucatu – da UNESP/SP e Doutorando em Engenharia Biomédica Unicastelo/SP.

Sua vinda a Presidente Prudente (sua terra natal), teve por principal finalidade o lançamento de seu novo livro, que teve excelente aceitação em todas as cidades que ele vem visitando. Por sinal, Salgado é autor de inúmeros livros, dentre os quais “Fisioterapia nas lesões do tornozelo”; “Técnicaspropriocetivas de Tornozelo e joelho” e “Eletrofisioterapia”. O mais recente lançamento editorial traz o titulo de “Fisioteapia Corpo e Mente” – Saúde integral. O livro aborda os efeitos do estresse sobre corpo e mente.

A obra reúne informações técnico-científicas confirmando hipóteses entre corpo e mente, a influência de nossos pensamentos, das atitudes diárias como: alimentação, sono, intoxicações alimentares, eletromagnéticas e biológicas que projetam disfunções sobre o físico e emocional. A produção da Escola de Terapia Manual e Postural, com acesso através do e-mail: contato@salgadosaude.com.br

O prudentino Afonso Shiguemi Salgado cumpriu estágios e especializações, dentro e fora do Brasil, fixando-se temporariamente nos principais centros de fisioterapia do mundo. Depois, formou-se em Posturologia (França, Itália e Dinamarca); Terapia Manual pela University of St. Augustine (USA – Ultrecht); Holanda (Ecole St. Maurice) e França.

E mais: Eletrofisioterapia; Cadeias Musculares de Leopold Busquet (ex-professor e introdutor do método no Brasil); Medicina Ortopédica de Cyriacs (Bélgica); Mobilização do Sistema Nervoso (Suíça); Microfisioterapia (França); Uroginecologia (França); Introdutor do método no Brasil de Iso-Stretching; representante no Brasil dos métodos de Equilíbrio Neuromuscular e Microfisioterapia e Introdutor no Brasil do método Leitura Biológica.

A grande imprensa de um modo geral – com especial menção à Folha de Londrina – vem publicando sucessivas matérias sobre a atuação do Fisioterapeuta de renome internacional. Um dos artigos diz: “A terapia adotada pelo fisioterapeuta Afonso Shiguemi Salgado cruzou fronteiras mais uma vez. Dias atrás ele foi convidado a falar sobre seus conhecimentos e técnicas para profissionais reunidos na Escola Superior de Saúde do Instituto Piaget, em Porto/Portugal. Salgado proferiu palestra num encontro sobre saúde integral e novas atuações em fisioterapia”. E deu detalhes sobre seu trabalho desenvolvido em várias cidades brasileiras.

Outra matéria diz respeito aos diversos Cursos Internacionais, que Salgado tem ministrado nos Estados Unidos e na Europa, onde mostrou aos especialistas as técnicas aplicadas em suas Clínicas em São Paulo, Sorocaba, Londrina e Maringá, no Paraná. “Convidado pela Associação Americana de Fisioterapia do Estado da Flórida, Salgado fez uma palestra na Clínica Mayo, em Jacksonville, um dos maiores centros de pesquisas e tratamento dos Estados Unidos”.

Antes da conclusão de sua visita a Presidente Prudente, Afonso Shiguemi Inoue Salgado alertou que muitas dores que aparecem pelo corpo podem ter sua origem no tipo de pisada. Essas dores causam desequilíbrios corporais relacionados com a postura e com disfunções ortopédicas originadas nos pés. Por meio de técnicas não invasivas, como a Podoposturologia, é possível fazer a correção desses desequilíbrios, eliminando os sintomas que surgem no corpo.

Para melhor esclarecer: A Podoposturologia teve sua origem na França e chegou ao Brasil, e 1997. Trata-se de um método de correção feito com técnicas manuais e correção com órteses plantares com estímulos mecânicos e proprioceptivos, relacionados ao sistema nervoso. A avaliação será feita sempre direcionada aos desequilíbrios do paciente, sejam eles estáticos, dinâmicos ou da postura.


O Fisioterapeuta Afonso Shiguemi Inoue Salgado, de fama mundial veio à sua terra natal para lançar seu novo livro “Fisioterapia Corpo e Mente”, com excelente receptividade.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 10h30
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

NO LUGAR DAS PICHAÇÕES,
GRAFITAGEM COM BELO VISUAL

Muitos já entenderam que ninguém aceita ambiente mal conservado ou coberto de pichações. Por isso, optaram pela Grafitagem que já vem despertando novas vocações no campo cultural e artístico. Foi o que aconteceu no Tênis Clube de Presidente Prudente, que contratou o trabalho de especialistas, transformando o visual de 156 m2 de um muro de proteção. E logo depois, repetiu a dose em outra área externa, cobrindo mais 147 m2 de extensão com imagens coloridas, lembrando as atividades esportivas ali praticadas e também: uma simulação da Literatura Brasileira e personalização de caricaturas de alguns de seus diretores do Clube.

Leonardo Ferreira, 35 anos (Leozinho) vem se dedicando a essa atividade há treze anos. Ele nos contou que o trabalho de grafitagem que ele desenvolve tem a participação de outros quatro rapazes. Em Dezembro do ano passado firmou uma parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e com o apoio do Jornal O Imparcial, Tênis Clube e Promotoria do Meio Ambiente acertou as bases de negociação para transformar o visual dos muros existentes em torno do Clube. O local era alvo constante de pichações, apesar de mal conservado.

A parceria com artistas da própria cidade facilitou os entendimentos. Assim mesmo foi firmado um acordo envolvendo grafiteiros de Lucélia, Adamantina e Pirapozinho, que fizeram um trabalho conjunto. Tudo pago pela Secretaria Municipal de Cultura por se tratar de uma questão cultural, que por sua vez recebeu apoio de empresas interessadas.Agora, algumas escolas (entre elas o SENAC) demonstram interesse em refazer seus muros, utilizando-se dos projetos de grafitagem. Mas também o MPF, dependendo apenas de verbas.

Com as obras de grafitagem concluídas no Tênis Clube, o ambiente local mudou completamente. Os visitantes – em sua maioria – param para ver pessoalmente o que foi retratado nas imagens criativas dos grafiteiros. Outros fazem elogios ao trabalho artístico ali desenvolvido e consideram a iniciativa louvável, valorizando o ambiente e criando um aspecto mais agradável. A lição serve inclusive para pichadores, que podem a qualquer momento mudar seu modo de agir em relação ao aspecto urbano.


Quem passa pela Avenida Washington Luis – sentido bairro cidade se depara com essas interessantes imagens produzidas por grafiteiros.


O seguimento esportivo, uma das fortes atividades do Tênis Clube de Presidente Prudente foram aqui reproduzidas nessas imagens.


Os profissionais de grafitagem comandados por Leonardo Ferreira foram bem criativos e trouxeram cenas impressionantes de sua criação.


Até mesmo algumas personalidades que dirigiram o Clube em vários períodos, foram aqui retratadas num trabalho excepcional de arte e criatividade.


E por fim, as cenas do cotidiano, mas que nem todos valorizam estão aqui estampadas em cores vivas, para que todos possam ver e admirar!



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 10h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

A PRESIDENCIÁVEL MARINA SILVA
CHEGOU COM 4 HORAS DE ATRASO

A Senadora Marina Silva indicada pelo Partido Verde para disputar a Presidência da República nas eleições de Outubro deste ano, foi a primeira a visitar Presidente Prudente, a exemplo do que já o fizera no dia anterior em Araçatuba/SP e Três Lagoas/MT. Entretanto, o atraso Imprevisível de quatro horas na sua chegada, fez com que sua programação deixasse de ser cumprida em relação ao Pontal do Paranapanema, começando por Teodoro Sampaio.

Em conseqüência dessa situação – atribuída a um problema de saúde – e posteriormente à irregularidade na documentação da aeronave que a a transportaria até Presidente Prudente,causou outros dissabores. A começar pelo encontro que manteria com os estudos das Faculdades Toledo e depois com as lideranças políticas, empresariais e do MST.

A visita da Senadora Marina Silva ficou restrita à uma breve entrevista, onde apenas alguns profissionais de imprensa puderam se manifestar, face ao rigor do protocolo exercido por Marcos Tadeu. Depois de sanar essa deficiência, tornou-se possível à Presidenciável, expor suas idéias relacionadas ao tema “Brasil sustentável”.

De qualquer forma, a futura candidata do PV teve a primazia do primeiro contato com o eleitorado, o que poderá render alguns dividendos, embora a competição esteja um tanto mais distantes com dois candidatos à sua frente. Mas campanha política é assim mesmo, tem altos e baixos. E como diz Marina Silva: “Nesse período, muita água ainda vai rolar por baixo da ponte”!


A chegada da Presidenciável Marina Silva no local onde deveria conceder entrevistas e pronunciar palestra.


Nas Faculdades Toledo, a Senadora do PV foi recepcionada pelo Diretor Presidente da Instituição, Sr. Milton Penachi.


Na entrevista coletiva, ela respondeu a todas as indagações de jornalistas e radialistas presentes ao encontro.


O público superlotou o anfiteatro da Associação Toledo, para ouvir a palavra da primeira candidata presidenciável deste ano.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 10h22
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

BUGALHO DEIXA O MPE
PARA INGRESSAR NA POLÍTICA

O Promotor Regional do Meio Ambiente, Nelson Bugalho decidiu se afastar do cargo como integrante do Ministério Público Estadual para se candidatar a uma das vagas oferecidas pelo PMDB a Deputado Federal. Antes de tomar essa decisão, ele consultou os amigos mais íntimos.

Para o anúncio oficial do seu desligamento temporário do MPE, ele seu reuniu no gabinete do Prefeito Milton Carlos de Mello para uma entrevista coletiva aos jornais e Emissoras de Rádio de Televisão, incluindo sites e blogs.

Ao falar à imprensa regional, Bugalho apresentou como seu sucessor, o colega Marcos Akira, que já vem respondendo pelas ações do Ministério Publico Estadual como Promotor Regional do Meio Ambiente em todo o pontal do Paranapanema.


O Promotor Nelson Bugalho reuniu-se com o Prefeito Milton Carlos de Mello, seus assessores e a imprensa local, para comunicar sua deliberação de se afastar do MPE, para se dedicar à política.


Para suceder no cargo de Promotor Regional do Meio Ambiente, Bugalho será substituído pelo Promotor Marcos Akira, que já assumiu o Posto.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 10h18
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

DIA DO ÍNDIO TEM CELEBRAÇÃO
ESPECIAL NO MUSEU DA FCT/UNESP

O campus da FCT/UNESP em Presidente Prudente é o único da região da região a contar com um Centro de Museologia, Antropologia e Arqueologia, onde estão expostas as mais importantes peças de origem indígena. Ainda agora, escavações arqueológicas foram novamente realizadas na bacia do Rio Paraná (Sítio Lagoa São Paulo) por um grupo de pesquisa e arqueologia da UNESP, foi encontrado farto material, revelando indícios de ocupação por milhares de anos.

Centenas de fragmentos cerâmicos encontrados em toda a região, foram recolhidos e restaurados no decorrer dos últimos anos e figuram no Museu da Faculdade de Ciência e Tecnologia da UNESP em Presidente Prudente. O projeto representa iniciativa da Prof. Dra. Ruth Kunzly, que teve a brilhante iniciativa de promover e apoiar as pesquisas. O Museu foi inaugurado recentemente com a presença do Reitor da Unesp.

O material recentemente encontrado na Lagoa São Paulo – Presidente Epitácio – é representado por peças em pedra lascada, três urnas indígenas com esqueletos humanos e inúmeros fragmentos cerâmicos. Os pesquisadores pretendem ampliar seus trabalhos de escavação em busca de novos fragmentos e quem sabe, outras valiosas peças que virão para o Museu de Presidente Prudente, que tem o nome de um destacado pioneiro, o Prof. José Martin Suarz (Pepe).


O Centro de Museologia, Antropologia e Arqueologia, iniciativa vitoriosa da Prof. Dra. Ruth Kunzly.


Peças que se encontram expostas no campus da FCT/UNESP de Presidente Prudente, podem ser vistas por todos os interessados.



Categoria: Notícias
Escrito por Altino Correia - Repórter às 10h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

NA HORA DO APURO,
SOCORRO VEM DO CÉU

A Policia Militar implantou um novo serviço que conquistou a confiança da população: o Helicóptero Águia 16. Para isso, foi criada uma base para o Grupamento Aéreo, instalada em caráter precário no Aeroporto Estadual Adhemar de Barros. Esse Grupamento de Radiopatrulha aérea GPAE está sob a coordenação do 1º Te,PM Alexandre da Silva Costa, tendo a participação do piloto Alex Mena Barreto e outros policiais militares.

Para o início de operações verificado neste mês, o Cel. Homero de Almeida Sobrinho (Comandante do CPI-8), esteve no gabinete do prefeito Milton Carlos de Mello – Tupã – a fim de dar ciência dessa nova operação aérea. É o resultado de uma parceria do Governo do Estado com a Prefeitura, embora o atendimento se estenda a toda a região administrativa, representada por 54 municípios. Nessa área estão sediados três Batalhões, ou seja: o 18ºBPM/I de Pres.Prudente, o 25º BPM de Dracena e o 42º BPM de Pres.Venceslau.

Para consolidar esse novo serviço, ainda existe necessidade urgente de se construir um Hangar para a base aeroportuária (já que o atual foi apenas cedido provisoriamente), e adquirir um veículo apropriado para o transporte de combustível destinado ao Helicóptero Águia 16. O custo médio dessa aeronave é calculado em R$2.800,00 por hora sobrevoada.

A edificação do Hangar para a base aeroportuária e o veículo estão orçados em 2 milhões e 600 mil reais. Alem disso, há necessidade de demarcar áreas estratégicas para pousos emergenciais. Mas tudo isso Já foi devidamente encaminhado para solução no mais rápido espaço de tempo possível. A Missão – segundo o comando da base de radiopatrulha aérea – é executar suas operações, preservando vidas, protegendo o patrimônio e potencializando todas as atividades da Polícia Militar.

O Grupamento de Radiopatrulha Aérea pretende ser uma organização policial moderna, flexível e profissional, voltado ao respeito pelo ser humano e à satisfação pelas necessidades, servindo-os com excelência. Um estudo realizado na cidade de Los Angeles(Estados Unidos), na década de 60 concluiu que um Helicóptero na missão preventiva, equivale a 15 viaturas de polícia. É que uma aeronave pode dar suporte a até 37 viaturas.

O Helicóptero utilizado na missão policial é um multiplicador de forças. Quando caracterizado pela sua ostensividade é capaz de transmitir à população uma real e perceptível presença policial. Com grande mobilidade, a aeronave é uma excelente plataforma de observação. Possibilita que a tripulação tenha a visão de uma extensa área.

Durante as ocorrências, aumenta a cobertura e a segurança dos policiais em terra, nos cercos e perseguições. Após localizados não há chance de um criminoso escapar. Nesses últimos anos, muitos bens e recursos patrimoniais foram recuperados. E inúmeros marginais foram presos, graças ao apoio das equipes dos “Águias” da PM.

Desde a inauguração da Aeronave destinada à região de Presidente Prudente, em 26 de Março p.p. o Grupamento Aéreo já participou ativamente de uma ocorrência de fuga de preso, busca em áreas urbanas e rurais, acompanhamento de veículos e ocorrências de maior gravidade.A aeronave está sempre pronta para dar atendimento, sendo utilizada em prol da comunidade local e regional. Nos eventos que envolvem maior participação pública, a presença do Helicóptero potencializa o trabalho dos demais segmentos da corporação.


O Cel.PM Homero de Almeida Sobº (Comandante do CPI-8) foi pessoalmente ao gabinete do prefeito Milton Carlos de Mello para anunciar o início das operações com o “Águia 16”, que está no ar!


Este é o 1º Helicóptero destinado ao atendimento da população regional, constituída por 54 municípios da Alta Sorocabana e Alta Paulista. Com isso, passamos a ter uma segurança mais confiável.

Todos os acontecimentos de maior expressão regional são focalizados pelo TWITTER. Para se atualizar, basta clicar: www.twitter.com/altinocorreia



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 09h53
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

DIA DO EXÉRCITO É COMEMORADO
NA REGIÃO PELOS TIROS DE GUERRA

Neste ano, as comemorações alusivas do Dia do Exercito mereceram atenção especial de várias cidades. Especialmente aquelas que contam com os seus Tiros de Guerra. Presidente Prudente, Presidente Venceslau, Adamantina e Osvaldo Cruz, tiveram desfiles e outras celebrações públicas.

Foi para marcar os 362 anos da Batalha dos Guararapes no dia 19 de Abril, considerada o marco inicial da formação da Força Terrestre Brasileira. O glorioso Exército de Caxias veio novamente para as ruas, nas grandes, médias e pequenas cidades para comemorar a data. Ao lado dos jovens atiradores, estiveram seus principais dirigentes e também autoridades, convidados e a população em geral.

Fazendo parte das cerimônias, houve o hasteamento das bandeiras ao som do Hino Nacional Brasileiro, entoado por todos os integrantes dos TGs e também das autoridades civis, militares e eclesiásticas presentes. Logo em seguida, desfile da tropa.

O que despertou a atenção foi a programação de palestras nas escolas, onde os oficiais do Exército puderam expor e comentar de forma esclarecedora o papel das Forças Armadas na manutenção da ordem e da paz, no Brasil e em outros países do continente. Em todos os pontos – especialmente nas fronteiras – o Brasil se faz presente, com sua participação no processo democrático. Exposição de material de uso militar e competições esportivas complementaram as festividades cívico-militares.

Competições internas e também a conhecida prova “Cabo de Guerra” chamaram a atenção do público, havendo inclusive uma competição em Dracena, envolvendo três representações regionais e empolgou a platéia. A equipe vencedora dessa prova foi a que repreentou o Tiro de Guerra de Presidente Venceslau. As fotos que estamos publicando foram enviadas pelo Fotógrafo Profissional, João Laércio dos Santos, a quem agradecemos.


Em Presidente Prudente, houve apresentação da tropa diante do palanque montado junto à sede do Tiro de Guerra. Em seguida, várias demonstrações e competições.


Em Dracena, o dia 19 de Abril foi marcado por uma grande concentração de tropa com 3 Tiros de Guerra presentes na solenidade e nas competições de Cabo de Guerra.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 09h49
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

RAPOSO TAVARES NÃO VEM
RECEBENDO OBRAS PROJETADAS

Embora a ARTESP – Agência Regional de Transportes do Estado de São Paulo tenha dado sinal verde para a realização de importantes melhoramentos na malha viária regional, a concessionária pouco vem fazendo, a não ser pequenos reparos, limpeza das margens, construção de praças de pedágio e pintura de faixas ao longo da Rodovia Raposo Tavares. Alguns trevos aguardam providências por se tratar de dispositivos de segurança para os usuários que deles se utilizam.

A reclamação é de alguns prefeitos e vereadores, entre os quais Piquerobi que há mais de oito anos espera pela execução de obras no trevo que dá acesso à cidade. Por alegar falta de recursos, o Departamento de Estradas de Rodagem – DER – não programou a construção. Posteriormente com a privatização da SP-270 o assunto ficou sob a responsabilidade da concessionária, a CART que nada fez até agora.

Além de Piquerobi, encontra-se na mesma situação o trevo de Caiuá. Ambos situam-se em pontos estratégicos e colocam em risco a segurança do tráfego, com inúmeros acidentes que já ocorreram no decorrer dos últimos tempos. Nas demais cidades situadas ao longo da Rodovia, todas foram beneficiadas com Trevos de Acesso.A falta de iniciativa da concessionária, quanto à Caiuá e Piquerobi é lamentada por todos os usuários que se utilizam do trecho pagando elevadas taxas de pedágio.

Tanto o prefeito José Advaldo Giacomelli, como o Presidente da Câmara de Piquerobi disseram que estão decepcionados com o trabalho que foi atribuído à CART como concessionária da Raposo Tavares. Enquanto isso, o Diretor Regional do DER, João Augusto Ribeiro diz que o trecho já deveria ter sido duplicado, o que de forma estranha não aconteceu até agora.

Na mesma situação encontram-se outros locais, como: o Acesso à Destilaria Santa Fanny, em Regente Feijó, Agissê e Gardênia (na sub-região de Rancharia), além de outros dispositivos de segurança no acesso à Destilaria Cocal.


Quem trafega pela Raposo Tavares precisa redobrar a atenção nos cruzamentos de acesso à Piquerobi e Caiuá, que ainda não receberam a mínima atenção da concessionária.


Entre os descontentes com a ineficácia da concessionária CART em relação à SP-270 estão o prefeito José Adivaldo Giacomelli e o Presidente da Câmara de Piquerobi.


João Augusto Ribeiro – Diretor Regional do Departamento de Estradas de Rodagem - DER – diz que o trecho onde as obras são reclamadas, já deveria ter sido duplicado.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 09h43
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

NA HOMENAGEM A MONS. MIGUEL,
CÂMARA MUNICIPAL SUPERLOTADA

A entrega solene do título de “Cidadão Prudentino” a Monsenhor Miguel Valdrighi (dia 15 de Abril), registrou um fato sui-gêneris: Galeria e Plenário superlotados. A cerimônia durou mais de duas horas, tendo inúmeros oradores que saudaram e abraçaram o homenageado.

A Vereadora Bernardete Querubim foi a autora do requerimento que deu origem às homenagens. Os motivos que a levaram a apresentar a proposta dizem respeito à destacada atuação de Monsenhor Miguel, desde sua vinda para Presidente Prudente - procedente de Conchas –nos anos da década 70. Depois, sua convivência com a comunidade em várias Paróquias por onde passou, até assumir as elevadas funções de Vigário Geral e Reitor do Seminário Diocesano.

A sessão solene foi presidida pelo Vereador Izaque José da Silva, e o cerimonial conduzido pelo jornalista e radialista Geraldo Gomes. Com o homenageado presente, foi aberta oficialmente a sessão solene, com a formação da mesa, execução do Hino Nacional e o Hino do município. Monsenhor Miguel e sua irmã, Helena ocupando os lugares de honra, ao lado das demais autoridades.

Oradores que usaram a tribuna: Vereadora Bernardete Querubim; Deputado Talmir Rodrigues: Dirceu Matheus (representando o Deputado Mauro Bragato); Prof. Tereza Marini; Regina Sandoval Gonçalves; Carlos Valdrighi; Armando Crochete de Souza; Sra. Valdecir Daré Cottini; Padre José Altino Brambilla. E finalmente, Monsenhor Miguel Valdrighi.

O homenageado

Com toda sua humildade, Monsenhor Miguel Valdrighi ocupou a tribuna para o seu pronunciamento, conforme segue: “É certamente muito bom ser considerado cidadão. Significa que atingi algumas daquelas metas que a minha vocação me indicou. Praticamente vivi minha vocação sacerdotal aqui em Presidente Prudente.

Fui chamado a promover a comunhão entre aqueles que crêem no evangelho do Senhor. Primeiro pelo meu próprio exemplo, depois pela palavra anunciada. Chamado também a buscar a inspiração naquela celebração que é o centro e a vida da comunidade de fé: a eucaristia, e a celebrá-la como ápice da vida da comunidade.

Por isso, por essa força é que pude crescer no exercício de uma verdadeira cidadania, marcada pela gratuidade que me alegra e me torna livre. Ao mesmo tempo que exerci esse sacerdócio na comunidade, recebi lições de cidadania daqueles que trabalharam comigo.Homens e mulheres dedicados, amorosos, nobres, valorosos, exigiram de mim o estudo constante, atenção integral.

Tiveram a delicadeza de espírito de exigir apresentando suas próprias necessidades e interesses. Foi isso que me lavoura buscar duras características principais para nortear o meu serviço e participação nesta cidade: o amor pela Palavra da Escritura e o amor pelos pobres. Assim, fui feito pelos cidadãos que me ensinaram.

Desse modo entendo que a Igreja promove verdadeira cidadania, chamando todos a se integrarem, a participarem da vida da sociedade, serviço inestimável. Creio que é isso que recebo essa honorificiência. Acima de tudo, acredito que a revelação da fé cristã - que anuncia que Cristo assumiu a nossa humanidade – anuncia também que com isso viveu esta cidadania, e mais, elevou a cidadania pela aspiração daquela outra, da cidade do alto, da qual nós somos cidadãos. Nela, temos a nossa origem.

Quero que esta homenagem seja também para aqueles que trabalharam comigo e que continuam trabalhando. Toda a minha afeição a Bernardete Querubim e aos vereadores, meus agradecimentos. Sobre todos, peço a benção de Deus que nos reúne para o seu Reino. Obrigado”. (Mon.Miguel Valdrighi – 15/04/2010)


O Titulo de Cidadania entregue Monsenhor Miguel Valdrighi, em sessão solene do Legislativo de Presidente Prudente, reuniu grande numero de Autoridades e Membros da Comunidade


Nas mãos do homenageado, o titulo de “ Cidadão Prudentino”, que lhe foi conferido pela Câmara Municipal de Presidente Prudente.


Monsenhor Miguel Valdrighi que esta prestes a completar 50 anos de idade tem dedicação exclusiva a causa religiosa há muitos anos.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 09h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

DENGUE REPRESENTA UMA NOVA
AMEAÇA Á REGIÃO DE PRUDENTE

Passado o verão, e em pleno outono, a população e as autoridades se preocupam cada vez com o crescente número de casos de Dengue que vem sendo registrado pela Vigilância Epidemiológica em toda a região. A criação de um Comitê Regional envolvendo 45 municípios, mostra que o assunto é mais sério do que pensa. Haja visto, os últimos estatísticos relativos ao acompanhamento de casos autóctones e também de Dengue Hemorrágica que atingiram algumas pessoas.

Alguns veículos de comunicação – em especial a TV Fronteira – vem chamando a atenção dos moradores para a importância da Citronela, como fator positivo na redução dos casos de Dengue. Mas a maioria, ignora a importância dessa planta como repelente de mosquitos, devido à uma essência que ela exala no ar, afugentando todos os tipos de insetos. A planta é similar ao Capim Santo e se adapta a qualquer tipo de solo, incluindo vasos, quintais, terrenos baldios ou fundos de vales.

Segundo nos informa o secretário municipal do meio ambiente, Fernando Luizari, o Horto Florestal da Prefeitura já vem produzindo mudas para serem espalhadas por toda a cidade, atendendo também as pessoas interessadas em incrementar o plantio de Citronela. E para que todos saibam, a Vigilância Epidemiológica registrou na última semana, 154 casos de Dengue em Presidente Prudente. Outros 40 casos aguardam resultados do Adolfo Lutz.

O mais grave dessa situação é que sorotipos do virus – 1 e 2 - foram Apontados como existentes no município de Presidente Prudente. Em se tratando de uma situação de gravidade com sérias ameaças de proliferação, foi mobilizada uma equipe de Agentes de Endemias convocados através de decreto municipal para o desempenho de suas atividades, inclusive os feriados ou em períodos de emergência.

Por essa situação de emergência, o MPE – através da Promotoria Pública – aderiu ao movimento em apoio à Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Epidemiológica do município. De comum acordo, o Secretario de Saúde, Sérgio Luiz Cordeiro de Andrade baixou normas para que a Vigilância adote novas providências em relação às visitas domiciliares. Em toda a região, os casos de Dengue já se aproximam de mil, que poderão se multiplicar em toda parte.

De conformidade com a legislação municipal, quem impedir o acesso dos agentes de endemias durante as visitas rotineiras, estarão sujeitos à penalidades, com multa e intervenção policial em apoio aos funcionários credenciados para esse serviço. Em caso de recusa, as informações serão encaminhadas diretamente ao Poder Judiciário, visando assegurar a entrada e o desempenho do trabalho pelos agentes de saúde. Nesse caso, a multa será equivalente a 100 UFIRs. Isto é, R$201,83. Na reincidência, o dobro do valor, ou seja: R$403,66. O mesmo critério se aplica aos terrenos baldios, com focos da doença.


O Secretário Municipal da Saúde, Dr. Sergio Luiz Cordeiro de Andrade e a titular da Vigilância Epidemiológica, Vânia Alves promoveram encontro para dar ciência da gravidade da situação


A Citronela, um repelente natural de mosquitos que transmitem a Dengue tem fácil adaptação em qualquer lugar. É só plantar uma mudinha para purificar o ar e afugentar o Aedes Aegypti.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 09h35
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

1º. LEILÃO ESPECIAL EA COM
100% DE COMERCIALIZAÇÃO

O 1º. Leilão Especial EA, que o consagrado criador Eduardo Alves Alcântara promoveu em seu Recinto de Leilões em Santo Inácio/PR no dia 10 de Abril deste ano, obteve êxito total com 100 por cento de comercialização. Por várias horas, o criador teve a oportunidade de recepcionar seus velhos amigos e companheiros de criatório, e com o Leilão realizado a seguir, teve a oportunidade de realizar grandes negócios.

Dentre os visitantes, 27 compradores provenientes de várias cidades. Entre elas, Recife, Goiânia, São Paulo, Araraquara, Presidente Prudente, Naviraí, Colorado, Maringá, Londrina, Santo Inácio e outras. O mais importante, foi a oportunidade do encontro com centenas de pessoas de antigos relacionamentos com a família do casal Eduardo e Amélia, os anfitriões desse inesquecível evento.

De acordo com as informações, foram comercializados pela LEILOINGÁ (tradicional empresa leiloeira de Maringá/PR), 481 cabeças de bovinos de várias raças, além de ovinos Dorper e Santa Inês, previamente inscritos no Leilão Especial EA. Bovinos da raça Pitangueiras registrou o maior número de aquisições: 325 cabeças.

Animais Girolanda registraram 101 aquisições, mais 45 da raça Nelore, Gir e Rubio Galega, 10 aquisições; Ovinos, 5 aquisições. Em termos de valores, as vendas foram aproximadas de 400 mil reais, de acordo com as informações que chegaram ao nosso conhecimento. Parabéns ao pioneiro e criador da raça Pitangueiras no Brasil, Eduardo Alcântara!


O casal Amélia e Eduardo Alves Alcântara, que foram os anfitriões no tradicional evento promovido este ano na Fazda Duas Barras/Santo Inácio/PR.


Os lotes de animais da raça Pitangueiras, que tiveram maior aquisição durante o Leilão Especial EA, no Recinto de Leilões Eduardo Alcântara.


Ovinos Dorper e Santa Inês também tiveram algumas aquisições. Foram lances alternativos, com um balanço aproximado de 400 mil reais.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 09h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

PREFEITURA MOBILIZA 15
FRENTES DE TRABALHO

Passado o período de intensas chuvas, a Prefeitura de Presidente Prudente está mobilizando quinze frentes de trabalho para atender os anseios da população, especialmente na periferia. Pelo que informa a Assessoria de Comunicação, a Secretaria de Obras da municipalidade vem dando prioridade às áreas mais necessitadas.

No perímetro urbano, estão em atividades nada menos que dez frentes de trabalho e outras cinco na área rural, com prioridade para o atendimento dos trabalhos de conservação de estradas e recuperação de pontes. Na cidade, obras de reparo, manutenção e construção, roçadas e serviços de limpeza em áreas públicas.

Alguns desses trabalhos são realizados em parceria com a Prudenco – Cia. Prudentina de Desenvolvimento. As áreas de lazer da Cohab-Cecap – inclusive a praça pública principal – recebem pintura nova, tendo por objetivo deixar tudo preparado para a realização do Programa “Sua vida melhor ainda” que ocorre na Rua das Palmeiras, na Cohab.

Jardim Vale do Sol, Brasil Novo e Vila Santa Helena merecem atendimento prioritário, com serviços de limpeza em áreas públicas, reparos em guias e sarjetas e estrada vicinal, que recebe melhorias no acostamento. Na zona urbana o destaque é para o Parque do Povo que vem recebendo atenção especial com a implantação de grama sintética, serviços de alvenaria e drenagem no campo do Estádio “Caetano Peretti”.

Também obras de pinturas no Pronto Atendimento 24 horas do Conjunto Habitacional Ana Jacinta e melhoria das condições de tráfego em três estradas municipais, das quais, Duas delas no Distrito de Ameliópolis (Cristalina e Mentolândia), além da estrada que dá acesso ao Aeroporto Estadual de Presidente Prudente.


A interdição do Lixão do Distrito Industrial e remuneração dos catadores de lixo durante 6 meses foi uma das primeiras providencias adotadas pela Prefeitura de Prudente.


Obras de recapeamento e reconstrução de ruas e estradas vicinais têm sido umas das metas da atual Administração Municipal do Prefeito Milton Carlos de Mello.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 09h28
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

DOCENTE DA UNESP DE ASSIS FALA
SOBRE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

A Prof. Dra. Solange Bongiovanni, de família tradicional de Presidente Prudente (onde nasceu em 1.958), Mestre em geociência e meio ambiente e Doutora em geociência na área de geologia regional pela UNESP de Rio Claro, tem se destacado a nível regional com importantes trabalhos. Um deles - que foi sua tese de mestrado - se concentrou nos municípios de Assis e Paraguaçu Paulista. As pesquisas dizem respeito ao estudo das características geológicas de Assis, incluindo a demarcação de rios.

Dentre outras citações com base em sua tese de mestrado encontra-se a recuperação de uma gigantesca erosão na Água do Freire, nas proximidades do extinto Lagus. Mas também figuram nos trabalhos de pesquisas de Solange Bongiovanni os impactos ambientais da construção de um Presídio,embargado em decorrência de uma ação popular, mediante instrumento fundamental para garantir a integridade do ecossistema (Eia-rima-Estudo e Relatório de Impacto Ambiental),no médio Paranapanema.

Segundo declarações em matéria especial do Jornal “Cidade” de Assis, Solange pretende focar na vulnerabilidade dos aqüíferos do município à polução e observa o efeito poluidor do homem, tanto para as águas superficiais quanto às subterrâneas. Para tanto – diz – vem levantando dados da Cia. de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – Sabesp – e do Departamento de Águas e Energia Elétrica – DAEE.

Para desenvolver o trabalho de pesquisa, espera disponibilizar para os gestores públicos e empresas de saneamento; e como forma de contribuição um mapa dos pontos que já são problemáticos do ponto de vista ambiental e os que podem vir a se tornar – se não houver planejamento adequado – para o crescimento do perímetro urbano.

Esclarece que nenhum gestor na cidade pode ignorar o meio físico de seu município no momento de validar a instalação de uma empresa, ainda que em primeiro momento que lhe pareça interessante pelo aspecto econômico. Nesse caso deve prevalecer o interesse da coletividade por um meio ambiente sustentável – enfatisa a Prof. Dra. Solange Bongiovanni.

Falando como educadora, admite que não existe outro caminho para um mundo sustentável que não seja o da Educação. Observa que a Educação capacita pessoas para o exercício da cidadania. “Iniciativas simples como reutilizar a água que se lava a roupa, para limpar os quintais, ou ainda de destinar o lixo corretamente em vez de jogá-lo na área verde mais próxima, faz uma grande diferença”.

Solange Bongiovanni recorda que durante o apagão de 2001 as pessoas perceberam que podiam sim, racionalizar o uso da energia elétrica. Mas no caso da água, só se dão conta de que gastam demais quando a mesma não chega ao abrir a torneira. “Sem uma educação para o uso racional, uma pessoa gasta muito mais água do que necessita, algo estimado entre 80 a 100 litros por dia” - alerta.

O gerenciamento de água e esgoto em um município deve ser algo realizado por pessoas capacitadas, define a Unespiana. Ela afirma – com justa razão – que “conheceu sistemas de tratamento de água e esgoto que considera modelo na oportunidade em que visitou municípios como: Pirapozinho e Araraquara. Nesses municípios, o gestor é a própria municipalidade. Segundo a Prof. Dra., há casos em que o município não dá conta de gerenciar um sistema tão complexo e importante para garantir a qualidade da água. E o que faz a diferença na gestão da água de um município é contar com pessoas realmente capacitadas” – concluiu.

Para falar sobre seu currículum pessoal, a entrevista nos diz: Meu nome é Solange Bongiovanni. Nasci em Presidente Prudente, no dia 28/12/1958. Sou filha de Raul e Carmelita de Menezes Bongiovanni e tenho uma irmã, Sonia Regina Bongiovanni, radialista. Morei desde o meu nascimento na então denominada Rua Território do Acre, hoje Rua Coronel Albino, no Jardim Aviação.

Estudei até a 8ª série no Colégio Cristo Rei, depois no Colégio São Paulo (Esquema Vestibulares) e na Escola Estadual Major Arcy, na cidade de São Paulo. Fiz meu curso de graduação em Geologia na UNESP (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho) na cidade de Rio Claro.

A seguir fiz a Pós-Graduação, o Mestrado na área de Geociências e Meio Ambiente (“Uma abordagem de geologia de engenharia ao cenozóico da região de Paraguaçu Paulista,SP” ) e o Doutorado em Geologia Regional (“Caracterização Geológica do Município de Assis: a importância do conhecimento das coberturas cenozóicas”) no Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE) – UNESP/ campus de Rio Claro.

Minha banca de doutorado foi especial, pois, teve a presença como membro do Dr. Manoel Carlos Toledo Franco de Godoy, então docente da FCT/UNESP – Campus de Presidente Prudente.

Minha primeira turma de alunos foi para o Curso de Agronomia na Escola Superior de Agronomia de Paraguaçu Paulista (ESAPP); depois fiquei por pouco tempo na Universidade de Marília (UNIMAR) lecionando disciplinas para os cursos de Agronomia, Zootecnia e Engenharia Civil.

Desde julho de 1992, sou docente do Departamento de Ciências Biológicas da Faculdade de Ciências e Letras – UNESP – Campus de Assis, lecionando disciplinas da área de geociências (geologia, paleontologia, educação ambiental, geologia para engenharia, prática de ensino em geociências) para os cursos de Ciências Biológicas, Biotecnologia e Engenharia Biotecnológica.

Durante muito tempo fui representante da UNESP/Assis junto ao Comitê de Bacias Hidrográficas do Médio – Paranapanema – CBH-MP e do COMDEMA – Conselho Municipal de Meio Ambiente. Atualmente represento a UNESP junto ao Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural- CMDR e pela Associação de Engenheiros de Assis sou membro titular junto ao COMDEMA.

Na UNESP faço parte como membro titular do Conselho do Curso de Ciências Biológicas e do Conselho do Departamento de Ciências Biológicas. Meu novo projeto de pesquisa será trabalhar com a vulnerabilidade à poluição dos aqüíferos da região de Assis, além de continuar com projetos na área de extensão na área de resíduos sólidos, especialmente coleta seletiva e a educação ambiental dentro do campus da UNESP/ Assis.

Participei juntamente com dois outros colegas do meu departamento na confecção de um parecer a respeito de problemas ambientais que poderiam ocorrer se fosse construído um novo presídio na cidade de Florínea, cidade próxima a Assis. Este relatório ajudou em uma ação civil pública aberta por um cidadão assisense, contrário à construção do presídio, acatada pelo Ministério Público Estadual e depois pelo Ministério Público Federal.

Meu companheiro é o Dr. Jorge Augusto da Silva Lopes, docente do Departamento de Letras Modernas e temos uma filha, Clarissa Bongiovanni Lopes, com 14 anos cursando o 9º ano do Ensino Fundamental.


Solange Bongiovanni é Mestre, Doutora e Pesquisadora na área de Geologia regional, Geociência e Meio Ambiente.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 09h25
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

Falta de normas p/instalação de
cercas elétricas é tema de discussão

O Programa Fantástico, da Rede Globo, trouxe recentemente matéria sobre cercas elétricas. De acordo com os dados apurados pela reportagem, instalações irregulares têm se proliferado por todo o país e a falta de normas regulamentadoras é um dos principais fatores para que isso aconteça. São cercas clandestinas, com altura abaixo do permitido, instaladas perto de tubulações de gás ou ligadas em tomadas.

O programa testou e avaliou se as cercas elétricas, que protegem casas e prédios, estão dentro das normas de segurança. Acompanhados de fiscais do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Ergonomia (CREA), os repórteres foram percorreram 4 Estados brasileiros e constataram mortes de crianças em Piracicaba, interior de São Paulo, Sete Lagoas, Minas Gerais, e no município de Várzea Grande, no Mato Grosso, por conta de instalações feitas de forma inadequada.

O deputado Reinaldo Alguz (de nossa região), é autor do PL 766/2009, que trata justamente das normas para instalação e manutenção das cercas elétricas. Itens como altura mínima, limites máximos de amperagem e tempo, geração de pulsos elétricos com intervalos de um segundo foram considerados no Projeto do parlamentar.

Outro importante aspecto diz respeito à obrigatoriedade de regular o equipamento instalado de forma a produzir choque pulsativo de baixa voltagem, evitando casos fatais. A afixação de placas de identificação em lugar visível é outra instrução fundamental, inclusive usando símbolos que possibilitem o claro entendimento por pessoas não alfabetizadas, contendo informações que alertem sobre o perigo iminente.

O PL em questão está na pauta de discussão numa próxima reunião da Comissão de Segurança Pública da Assembléia Legislativa. O Projeto tem parecer favorável da Comissão e, se aprovado, será encaminhado para votação em Plenário. São Paulo poderá ser o primeiro Estado a regulamentar, através de Lei, a instalação e manutenção das cercas elétricas, garantindo, assim, a proteção da população paulista.


Deputado Reinaldo Alguz que propõe mudanças na legislação sobre cerca eletrificadas.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 09h22
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

SACERDOTE É HOMENAGEADO
COM MEDALHA EM TARABAI/SP

No mês passado, para comemorar o Dia do Padroeiro - São José – e Aniversário da cidade em 19 de Março, a Câmara Municipal de Tarabai/SP homenageou o Padre José Altino Brambilla, conferindo-lhe a medalha das grandes personalidades. Além do sacerdote que neste ano foi transferido para a Paróquia Nossa Senhora Mãe da Igreja em Presidente Prudente, outras figuras também mereceram essa honraria.

O ato solene em que o Padre Altino foi agraciado com a Medalha teve a participação de autoridades, convidados e membros da comunidade paroquial de Tarabai, onde o homenageado prestou relevantes serviços. Atualmente as funções de Pároco naquela e na cidade vizinha de Narandiba são exercidas pelo Padre Edcarlos Amorim Moreira.

Anteriormente, Pe. José Altino Brambilla recebeu o titulo de Cidadania, outorgado pela Câmara Municpal de Tarabai, como forma de reconhecimento pela sua arrojada e dinâmica atuação na vida religiosa e no atendimento da comunidade.


Na Câmara Municipal, em sessão solene as homenagens prestadas ao Pe. José Altino Brambilla, que por vários anos desempenhou importante papel na vida da comunidade local.


Pe. José Altino Brambilla, é homenageado pela 2ª vez em Tarabai, como forma de reconhecimento pela sua atuação e dedicação à causa religiosa.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 09h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

MEDICINA DA UNOESTE TEM PESQUISA
PUBLICADA SOBRE DOENÇAS INFECCIOSAS

A pesquisa “Prevalência de indivíduos infectados pelo vírus da Hepatite C, Hepatite B e coinfecção com HIV na região de Presidente Prudente”, conduzida pelo infectologista e professor da Faculdade de Medicina da Unoeste, Alexandre Martins Portelinha Filho e orientada pelo imunologista e também professor da instituição, Luiz Euribel Prestes Carneiro, foi publicada recentemente em importante revista de epidemiologia denominada Memórias do Instituto Oswaldo Cruz.

De acordo com Euribel, o estudo foi realizado na Clínica de Doenças Infecciosas do Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente no período de 2000 a 2006. O professor conta que entre 7.021 indivíduos avaliados, 1.228 foram selecionados para a determinação sorológica e molecular da infecção para o vírus da Hepatite C (HCV), vírus da Hepatite B (HBV) e sua coinfecção com indivíduos portadores do vírus da Imunodeficiência Adquirida (HIV). “A Clínica de Infectologia do HR atende pacientes com suspeita de várias doenças como leishmaniose, hanseníase e toxoplasmose, mas indivíduos com suspeita de HBV, HCV e HIV estão entre os mais frequentes”, explica.

O docente conta ainda que estes pacientes são encaminhados por médicos de unidades de saúde localizadas nos municípios que compõem a Delegacia Regional de Saúde de Presidente Prudente, com população de cerca de 700 mil pessoas, por bancos de sangue e pela emergência do próprio HR. “A alta prevalência dessas infecções demonstra a importância dos hospitais regionais no diagnóstico, tratamento e acompanhamento da população considerada de risco para essas doenças”, salienta.

Para o professor Alexandre Martins Portelinha Filho, a pesquisa surgiu com o intuito de avaliar o perfil das pessoas com essas doenças na região de Presidente Prudente. “O objetivo era o de transformar estes dados em estatísticas. Já estamos com novos projetos para dar sequência a este estudo”, revela.

Além dos professores citados, participaram os alunos de Iniciação Científica da graduação em Medicina Charlene Troiani, Charles Ulloffo, Talita Tannouri, a bioquímica Eloah Lopes Ascêncio e as bioquímicas Renata Bonfim e Lourdes Zampieri, do Instituto Adolfo Lutz.

Resultados – Entre os 1.228 indivíduos selecionados com suspeita clínica ou exames laboratoriais compatíveis com HBV, HCV ou HIV, 552 (44,9%) resultaram positivo, sendo 24,7% com HIV, 14% com HCV e 5,9% com HBV. Dentre os indivíduos infectados com HIV, 4,4% estavam coinfectados com HBV ou HCV. O trabalho completo pode ser conferido no site PubMed.gov (www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed) através do título: Seroprevalence of HBV,HCV and HIV co-infection in selected individuals from state of São Paulo, Brazil.

- Estudo realizado com pacientes do Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente com suspeita de Hepatite B, Hepatite C e HIV- com pacientes do Hospital Regional (HR) de PresidentePrudente.

F0T0: Ector Gervasoni


Professores Alexandre Portelinha e Luiz Euribel com as residentes Jackeline Coutinho e Carla Zanetta que auxiliaram nos atendimentos.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 09h07
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

OS FATOS ACONTECEM

O ano de 2010 ao que parece veio carregado de tragédias e fatos negativos. Não é a nossa especialidade tratar de assuntos dessa natureza. Preferimos as coisas boas, ou seja: boas notícias. Mas sempre aparecem coisas curiosas que não podem passar despercebidas. E por isso, dispomos desse espaço para inserir algumas imagens que por si só chamam a atenção do público.

O aspecto ambiental muitas vezes apresenta transformações (ou imagens estranhas), que muitos vêem, mas por não dispor de maquina fotográfica ou de vídeo, não conseguem documentar. Para quem busca emoções e novas imagens, é bom fazer uma avaliação das fotos que hoje figuram nesta página especial. Até certo ponto, são acontecimentos comuns, cujo registro fizemos durante as nossas andanças pela região, ou simplesmente, foram enviadas por leitores e internautas.

Fotos Curiosas


Em Presidente Venceslau, o companheiro Bonfim mostrou estas cenas no seu blog.


Aqui em Presidente Prudente, tivemos a oportunidade de registrar outras cenas.


Até a natureza oferece cenas que se transformam a cada segundo. Não é curioso?


Bem ao lado do Rio Santo Anastácio – na estrada da integração – cenas interessantes


O sol estava quase encoberto. Mas debaixo da fiação elétrica, surgiram estas cenas.


Roberto Carlos que cantou muitas vezes em nossa região, acaba de cantar na missa de 7º dia por intenção de Lady Laura, sua mãe falecida.



Categoria: Informes
Escrito por Altino Correia - Repórter às 09h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

EXPOSIÇÃO NACIONAL DE ORQUÍDEAS

A cidade de Presidente Venceslau sediou neste mês - 15 a 17 de Abril - a 1ª. Exposição Nacional de Orquídeas. Foi uma excelente oportunidade para que toda a população local e regional pudesse conhecer melhor essa variedade botânica. Os que se dedicam ao cultivo de Orquídeas, tiveram outras alternativas: trocar idéias com expositores de outras regiões e também duas excelentes palestras proferidas por Juízes da CAOB.

Nos dias 16 e 17, com a presença dos convidados: Nelson Barbosa Machado Neto e Fausto Cheida, foram ministradas palestras sobre cultua, manejo e busca de orquídeas da natureza. O evento reuniu grande número de interessados que acompanharam as palestras com toda a atenção.

Essa bela mostra realizada em Presidente Venceslau na sede da Associação Recreativa, Esportiva e Agrícola (AREA) contou com o apoio da Associação Venceslauense de Orquidófilos (AVO), Associação Comercial e Industrial e Divisão de Educação e Cultura, da Prefeitura Municipal. Os expositores de maior expressão, em número de doze vieram de estados vizinhos do Paraná e Mato Grosso do Sul, também fazendo parte consagrados expositores de orquídeas da região.

Algumas abordagens sobre o cultivo de Orquídeas indicam que “um bom hábito para o orquidófilo é nos dias quentes, molhar bastante o piso do orquidário, sem atingir as plantas. A umidade que evapora do chão, proporcionará equilíbrio para as plantas”. Para transplantar, recomenda-se: o melhor a fazer é não incomodá-las nunca! É uma planta epífita que vive sobre árvores ou outras plantas, sem causar mal algum.

O Biz Portal divulga algumas recomendações: Existem orquídeas de todas as formas e cores. Aos poucos, o principiante vai selecionando as plantas de sua preferência. As orquídeas morrem muito mais por excesso de umidade e sombra, do que por alta luminosidade e ambiente seco. Elas não são parasitas. São capazes de sintetizar substâncias orgânicas; portanto, conseguem produzir o seu próprio alimento.

(Veja as fotos cedidas por Toninho Moré.)


1ª Exposição Nacional de Orquídeas de Presidente Venceslau - SP




Categoria: Fotos
Escrito por Altino Correia - Repórter às 08h57
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 
 

GUERRA SURDA CONTRA AS FORMIGAS

Nos meus tempos de infância, pouco se falava sobre a existência das formigas. Mas com o desenvolvimento da agricultura em extensa área da região de Presidente Prudente, tornou-se comum o aparecimento da Saúva, tida como uma das espécies mais devastadoras das plantações. Depois surgiu a Atta Capiguara, ameaçando as pastagens e colocando em sobressalto a classe agropecuária por vários anos. Mas também existiam outras espécies ameaçadoras, embora em menor proporção.

A luta contra as formigas em determinadas épocas, transformou-se numa verdadeira guerra. E o primeiro produto de fácil aquisição e de eficiência comprovada era a Formicida Tatu. Seu efeito era mortífero, causando inclusive problemas para as pessoas que cuidavam dessa operação. Mesmo garoto, fui incumbido de exterminar as formigas que atacavam a propriedade de minha família, numa pequena lavoura na zona rural de Presidente Venceslau.

Uma “pitadinha” de formicida era suficiente para exterminar todo o formigueiro. Às vezes, com risco para quem aplicava, como foi o meu caso. Mas sobrevivi e acompanhei o aparecimento de outras variedades de formigas, como a Quemquem, que devorava todas as pequenas folhagens que apareciam na lavoura. E anos depois, a Atta Capiguara que ameaçava assustadoramente todas as pastagens, sendo combatida por intervenção do Governo através do Instituto Biológico.

A situação em determinados períodos foi tão grave, que exigiu dos órgãos competentes do Governo Federal o lançamento de uma campanha contra as formigas cortadeiras que ameaçavam a economia brasileira. E até uma denominação especial foi criada a nível nacional: “Ou o Brasil acaba com a saúva, ou a saúva acaba com o Brasil”. Com altos investimentos, quem perdeu a batalha foi a saúva. Mas as donas de casa continuam lutando até hoje para exterminar pequenos focos de formigas que invadem suas casas ou apartamentos na zona urbana. Não se esquecendo das inconvenientes “Lava-pés” que estão por toda parte.

Só agora, depois de viver mais de 75 anos é que fiquei sabendo que as formigas formam uma colônia gigantesca, constituída – segundo a Wikipédia - por uma família de 12.845 variedades - até o dia 04 de Janeiro de 2010 - distribuídas por todo o planeta. Há mesmo quem diga que elas chegam a 18.000 (com 9.536 espécies) em todo o mundo e pelo menos 2.000 no Brasil. Elas surgiram no período cretáceo, ou aproximadamente há 100 milhões de anos.

Nos últimos dias, depois de passar por uma Angioplastia c/Cateter e permanecer sob cuidados médicos na UTI Coronária da Santa Casa de Presidente Prudente por quase uma semana, tive que retornar às pressas devido a um processo alérgico. Por incrível que pareça, o único inseto que me picou foi uma formiga, que só depois fiquei sabendo tratar-se de “Formiga-cobra”, extremamente venenosa. Ela provavelmente me obrigou a passar por um rigoroso tratamento com antialérgicos, depois de dois dias de internamento hospitalar. Nessa categoria de formigas venenosas, são inúmeras as variedades.

Através de pesquisas que decidi realizar (para não cometer injustiças), fiquei sabendo que além da formiga-cobra, existem outras mais terríveis, exigindo cuidados especiais. Elas são provenientes do Arizona (Estados Unidos), Paraguai, Austrália e Tasmânia. Uma simples picada de uma dessas formigas equivale a 12 picadas de abelhas, pois injeta veneno repetidas vezes. Outra espécie, causa dor intensa 24 horas ininterruptas e em pessoas alérgicas, pode provocar a morte. E a última, uma simples ferroada causa inchaço, irritação, febre e ainda: choque anafilático.



Categoria: Memórias de um Repórter
Escrito por Altino Correia - Repórter às 08h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
Altino Correia, jornalista. Mais de 50 anos de atividades profissionais em Rádio, Jornal e TV. Ex-correspondente do Estadão, Folha, JB e O Globo (freelancer).


Menu
  Todas as Categorias
  Memórias de um Repórter
  Notícias
  Informes
  Fotos
Histórico
    Manutenção do Blog
    por André Fogaroli

    contato:
    cel: (18) 9712-4284
    email: andre.tec.informatica@uol.com.br
    Votação
      Dê uma nota para meu blog